Quem me segue no twitter provavelmente me viu reclamando no fim de semana. Estava morrendo de vontade de usar algo beeeeem clarinho. E uma amiga (daquelas de infância, saca?) riu. Disse que não me imagina de esmalte claro porque eu nunca usei.
Pensei:
- Que absurdo! Eu testei vários nas últimas semanas de moda. 
 Como se pudesse ler meus pensamentos, ela retrucou:
- Cá, testar é uma coisa. Usar é outra! Você nunca aguenta mais de 24 horas com esmalte claro! Pega logo seu vermelho de sempre aí, que a gente tá atrasada!

Eu, como boa sagitariana torta e teimosa, peguei o Melissa, da Risqué. Espiem só:

1º, Base para Unhas Fracas, da Impala (uma belezinha!); 2º, três mãos do Melissa, Risqué (exagerada, mas foi a única maneira de eu achar bom...!); 3º, Super Brilho, da Impala
A foto tá meio ruinzinha, tirei correndo do celular! Sorry!

Gente, o que a birra não faz, né? Vai fazer quase uma semana isso!
Tô orgulhosa desse meu novo feito! Rá!
Que vocês acharam?
Quero opiniões pra poder me inspirar em mais um clarinho nesse fim de semana! :)

Bisous!
Passeando pela web, de dicas em dicas, achei páginas interessantes dedicadas aos meninos.
Pensei:

- Poxa, tem vários meninos que acompanham o Mademoiselle. Ao invés de sair passando o link pra cada um em particular, vou postar sobre. Isso é bem legal!

Depois, lendo alucinadamente os textos, percebi o quanto a mulherada deveria acompanhar esses sites. E voilá: cá estou para compartilhá-los com vocês!
Talvez nem seja uma super novidade. Talvez a maioria de vocês já conheça. Ou talvez não!
E eu vou pela última opção. Até porque, fazia tempo que eu não achava endereços na web que me prendessem tanto na leitura. (risos)


O Papo de Homem é um site que reúne meninos de vários cantos do mapa, falando sobre assuntos diversos como viagens, humor, profissão, moda, relacionamentos e afins.
Eles tem até uma seção chamada 'Ladies Room' onde a vez de escrever é nossa.
Vale a pena o clique! ;)

Outro clique bacana é no O Boticário Men. O blog masculino da Boticário traz dicas de moda, beleza e saúde para os nossos queridos. Os textos são escritos por alguns dos membros do Papo de Homem e pela Diandra Fernandes, dona do Homens Modernos (que é outro blog super bacana!).

Três páginas, que rendem ótimas leituras e mais dezenas de links relacionados!

Quem tiver dicas bacanas assim, pode me mandar no email do blog, viu?! :)


** Gente, sei que estou em falta com vários blogs. Mas com tudo que tem acontecido, ainda não consegui colocar a casa em ordem. Estou visitando aos pouquinhos e respondendo tudo viu?! Só não liguem pra demora!
Bisous!
A fonte dos problemas das pessoas são suas fantasias. Se você não tivesse fantasias, você não teria problemas, porque você aceitaria qualquer coisa que estivesse na sua frente. Mas aí você não teria romance, porque romance é encontrar sua fantasia em pessoas que não são sua fantasia.

Andy Warhol

Camisa, Le Lis; Regata, Hering; Short, DIY (era uma calça!); Sapatilha, Moleca

Só tenho a agradecer o carinho, atenção e cuidado que todos vocês, leitores, tiveram comigo. Recebi emails lindos, mensagens, comentários. Vocês são demais!



Let me hear you scream like you want it!
Let me hear you yell like you mean it!
If you gotta, go down! 
Go loud! 
Go strong! 
Go proud! 
Go on!

É tão estranho, os bons morrem jovens..... 

Eu adiei o post que tinha programado pra hoje.
Pra falar de algo que está deixando meu coração apertado.
O que leva uma pessoa a cometer suicídio?
Posso até chatear alguns leitores (sorry!) mas, este é um desabafo meu.
O Mademoiselle é um blog pessoal e eu, assim como todos, passo por situações inevitáveis. Nesse cantinho eu mostro tudo que acredito dar sabor à vida. Mas a vida não é sempre doce...
Então, se você está sensível demais ou simplesmente não deseja ler sobre o assunto, volte amanhã, por favor. Hoje, eu quero e preciso aproveitar esse cantinho pra colocar um pouco desse sentimento contido pra fora.

A morte (vou chamar de dona M., ok?) anda me pregando inúmeras peças nos últimos tempos.
Levando pessoas queridas das mais diversas formas. E [quase] todas, não naturais.
Quando o tempo parece finalmente ganhar na batalha contra o sentimento ruim que fica depois de uma perda, a vida vem e me lembra que perdas são parte desse mesmo tempo. Nosso tempo de vida.
Durante a sua, você inevitavelmente irá se deparar com situações assim. Isso se já não se deparou.
Eu tive meu primeiro encontro com a dona M., quando tinha 14 anos. Uma amiga, do grupo de jovens que eu frequentava, faleceu de maneira súbita. Um ano e meio depois, perdi mais um colega, dessa vez do colégio, em uma viagem que, pra ele, não teve volta. Mais um ano se passou e perdi um amigo querido. Um anjo que eu tinha por perto, se foi em um acidente de carro.
Há dois anos, um câncer me tirou meu maior ponto de força. Minha fortaleza. Meu pai.
No ano passado, um querido colega de profissão, um mestre, se foi.
Levado pelas mãos, por um câncer.
O ano de 2011 já me deu uma porrada em janeiro. Outro colega de profissão, sucumbiu ao pior dos destinos: desistiu de viver.
Nesse final de semana, sua noiva, outra colega de profissão, se entregou a dor e foi.
Pelo mesmo caminho.

Na minha cabeça, passam cenas e mais cenas. E mesmo com tudo que eu acredito e com a força dos meus "anjos-amigos" por perto, não consigo conter as lágrimas.
Dói saber que não pude ajudar. Dói não entender como foi que chegaram a esse ponto.
O que faz uma pessoa chegar a esse ponto? Desistir de viver.
Julgar? Não posso.
Não tenho nem uma pequenina ideia de como deve ser a agonia sentida, no momento da decisão.
Acho mesmo que ninguém que não tenha chegado a esse ponto, pode saber.

Ela disse que ia encontrá-lo.

Eu não duvido disso.
Sim, eu acredito em amor além da vida.
Mas acredito também em covardia.
Não sei e provavelmente não descobrirei aqui, qual dessas duas coisas a levou.

Mas, prefiro acreditar no amor. Sempre. Mesmo que doa, mesmo com muitas cicatrizes, mesmo que as feridas se abram novamente. Ainda prefiro acreditar no amor.

Que todos esses meus anjos de luz que a dona M. levou recebam meu carinho e minha eterna saudade. SEMPRE.


Camilla Carvalho
Olha...
Será que ela é moça?
Será que ela é triste?
Será que é o contrário?
Será que é pintura?
O rosto da atriz?
Se ela dança no sétimo céu
Se ela acredita que é outro país
E se ela só decora o seu papel
E se eu pudesse entrar na sua vida....
Olha...
Será que é de louça?
Será que é de éter?
Será que é loucura?
Será que é cenário?
A casa da atriz
Se ela mora num arranha-céu
e se as paredes são feitas de giz
e se ela chora num quarto de hotel
e se eu pudesse entrar, na sua vida...

Fotos: Acervo pessoal
 Sim...
Me leva para sempre Beatriz
Me ensina a não andar com os pés no chão
Para sempre é sempre por um triz
Ah! Diz quantos desastres tem na minha mão
Diz se é perigoso a gente ser feliz
Olha...
Será que é uma estrela?
Será que é mentira?
Será que é comédia?
Será que é divina, a vida da atriz?
Se ela um dia despencar do céu
e se os pagantes exigirem bis
e se um arcanjo passar o chapéu
e se eu pudesse entrar na sua vida...


Não consigo ouvir essa música e não lembrar do meu querido Carlos Faraco.
Há alguns anos, nesse mesmo dia, ele me dedicou essa música.
Gesto singelo e tão especial, que ficou marcado.

Dia 27/03, Dia Mundial do Teatro! (pra saber mais sobre a história desse dia, é só clicar aqui.)
Um salve à todos os colegas de profissão e aos amantes dessa arte que é minha vida! :)

Não vim até aqui pra desistir agora
Entendo você se você quiser ir embora
Não vai ser a primeira vez
Nas últimas 24 horas
Mas eu não vim até aqui pra desistir agora
Minhas raízes estão no ar
Minha casa é qualquer lugar
Se depender de mim eu vou até o fim!
Voando sem instrumentos
Ao sabor do vento
Se depender de mim eu vou até o fim!

Não vim até aqui pra desistir agora
Entendo você se você quiser ir embora
Não vai ser a primeira vez
Nas últimas 24 horas
Mas eu não vim até aqui pra desistir agora

A ilha não se curva, noite adentro, vida afora
Toda a vida, o dia inteiro
Não seria exagero
Se depender de mim eu vou até o fim!
Cada célula, todo o fio de cabelo
Falando assim parece exagero
Mas se depender de mim eu vou até o fim! 


* Alguma dúvida de que estou surtando entre livros, pc, áudio, vídeos e tudo mais?
Hoje não rolou look. Estou no melhor estilo pijama + café + livros. Amanhã tem mais prova! 

Isso não acaba não?
See you tomorrow! :)
It starts in my toes
makes me crinkle my nose
(...)
You make me smile
please stay for a while now...

Vestido, Mademoiselle Clarice; Cinto, Acervo; Lenço, coleção artistas - Picasso; Meia-Calça e Segunda Pele, Trifil; Ankle Boots, Ramarim

Saudade de vocês!
Estou de volta!


What am I gonna say
when you make me feel this way
I just........mmmmmmmmmmm

Queridos e queridas, passando rapidinho para avisar que estou sem internet desde o fim de semana.
Ainda não consegui configurar o aplicativo para postar do celular!
Torçam para eu conseguir voltar ainda hoje! Tô cheia de novidades para vocês! :)

Beijinho e bom início de semana a todos!
Oi povo!
Que bom que gostaram do post sobre Evita! Fiquem de olho que no fim de semana vão aparecer umas surpresinhas por aqui, viu?

Sabem aqueles dias em que você tem hora marcada e está super adiantada?
Pois isso aconteceu comigo essa semana. E daí, quando eu cansei de brincar na internet do celular, resolvi dar uma volta no shopping que tinha perto e conferir as novidades... Cliquei, do celular mesmo, algumas coisinhas pra mostrar pra vocês! Espero que gostem! :)


E aí? Quais vocês mais gostaram? Me contem, viu?
Ótimo fim de semana!
É como um circo, é como um show! 
A Argentina para as ruas vai
Cantar a morte da atriz que foi Eva Perón!

Evita.
A palavra por si só, já emociona. Pela energia que carrega. Pela história.
Mulher de presença tão forte e iluminada que, em tão curto período, se transformou em mito.
Em estrela. Ícone!
Eva Maria Duarte, filha ilegítima, nasceu em 1919. Mesmo vivendo uma infância pobre, a menina se envolve com o mundo das artes desde cedo. Em pouco tempo, se torna uma das atrizes mais bem pagas do rádio e começa a frequentar as altas rodas, onde acaba por conhecer o coronel Juan Perón. E quem pensar que aqui pode-se colocar 'e viveram felizes para sempre' engana-se muito.
A primeira-dama mais amada da Argentina se despediu do palco da vida cedo demais, deixando muito mais que um marido. Deixando uma nação inteira, de luto.

E é a história dessa mulher tão misteriosa e fascinante que será contada nos palcos do Teatro Alfa, a partir do próximo dia 26. Com direção de Jorge Takla, coreografias de Tânia Nardini e regência/direção musical de Vânia Pajares, o musical estreia em São Paulo com números impressionantes no quesito fashion: são 350 figurinos de Fábio Namatame, inspirados nos trajes que a própria Evita comprava na Maison Dior, em Paris.


A atriz escolhida para o papel, Paula Capovilla, lembra que o mais marcante nessa mulher foi realmente a determinação:
- Ela dizia desde pequena: só me casarei com um Príncipe ou com o Presidente da República.
  E assim foi.
Ao lado de Paula estão outros dois atores muito bem criticados e alicerçados nos palcos: Daniel Boaventura, como Perón e Fred Silveira, como Che Guevara.


Vale ressaltar que o elenco foi escolhido a dedo e teve de passar pela aprovação de Andrew Lloyd Webber e Tim Rice, detentores dos direitos do musical.

Fotos: João Caldas e Jairo Goldflus

Evita! 
Onde: Teatro Alfa
Quando: de 26 de março à  31 de julho
Que horas: quintas, às 21h; sextas às 21h30; sábado, às 17h e às 21h; e domingos às 16h e às 20h
Quanto: de R$40 a R$185
Informações: (11) 5693-4000 ou www.evitamusical.com.br


...
*** Queridos e queridas, sejam amigos, seguidores e até aquelas pessoas lindas que só passam por aqui sempre, sei que estou em falta com vocês! Tenho tentado responder e visitar a todos, todos os dias. Mas, nem sempre é possível! Sejam compreensivos, ok? Lembrem-se que a blogueira de vocês está toda enrolada com o bicho de 7 cabeças de 2011. Tem TCC, academia, teatro, reunião, pauta, redação, foto..... loucura geral! Espero que continuem por aqui, mesmo com tudo isso! 
Ah! Quero aproveitar para dar boas vindas aos novos seguidores! :)
                                                                                                   Bisous, 
Camilla
Sem querer fui me lembrar 
De uma rua e seus ramalhetes
O amor anotado em bilhetes
Daquelas tardes...

Fotos: Douglas Pereira


Muito prazer, vamos dançar
Que eu vou falar no seu ouvido...

Do Teatro Oficina, os seguidores mais antigos, já me viram falar bastante por aqui.
Mas o que me faz escrever este post hoje vai além de apenas uma dica para os que admiram o local, a arte e o teatro em si.
Patrocinado pela Petrobrás, o Teatro Oficina abrigará um projeto chamado Cortinas Lyricas. Um espaço para experimentação e troca entre a música erudita e o público.
A programação mescla pocket óperas com outras formações instrumentais/vocais, com artistas que vão desde nomes conhecidos à iniciantes. A abertura será neste domingo (13), ao meio-dia. Os ingressos? R$ 1! A obra? A Flauta Mágica, de Mozart, sob a direção de MauroWrona e narração em português de Naomy Schölling.

Ótima oportunidade de programar um passeio em conta no fim de semana e, de quebra, mergulhar um pouquinho mais nesse universo lírico. :)

Basta clicar na foto que ela aumenta! ;)



Cortinas Lyricas
Onde: Teatro Oficina - Rua Jaceguai, 520, Bixiga. Tel: (11) 3106-2818
Quando: Todos os domingos entre 13 de março e 24 de julho de 2011
Que horas: Meio-dia
Horário da Bilheteria: os ingressos podem ser adquiridos com uma hora de antecedência na própria bilheteria do teatro.
Quanto: R$ 1
Classificação: Livre
Info: www.teatroficina.com.br ou www.cortinaslyricasdooficina.blogspot.com
Parem as máquinas!
Quem aí já assistiu A Gaiola das Loucas, em cartaz no Teatro Bradesco, aqui em São Paulo?
Gente, fica a dica:

O texto é inspirado em La Cage Aux Folles, de Jean Poret. Foi adaptado na Broadway para o teatro musical em 1983 por Harvey Fierstein e Jerry Hermann. Quem assina a versão brasileira da peça é Miguel Falabella, que divide a direção com Cininha de Paula e também divide palco com Diogo Vilela.
O Rio de Janeiro já viu e lotou o teatro.
E agora a peça está quase se despedindo da terra da garoa! Quem curte teatro, não pode perder a oportunidade. E quem não curte, um desafio: vá ao teatro. Assista uma boa montagem (como essa) ao lado de pessoas queridas. Aposto que você vai ter uma noite deliciosa!
* E eu nem vou comentar os figurinos..

Miguel é pura alegria! :) / Fotos: Acervo Pessoal
Fotos: Reprodução



A temporada termina no dia 20! Corram! ;)


A Gaiola das Loucas
Teatro Bradesco - Bourbon Shopping São Paulo
Rua Turiassu, 2100 - Perdizes
Quintas e sábados às 21h, sextas às 21h30 e domingos às 19h.
De R$20 a R$170
Classificação: 12 anos
Info: 3670-4100 ou www.ingressorapido.com.br
Who's to say
What's impossible
Well they forgot
This world keeps spinning
And with each new day
I can feel the change in everything...

Fotos de domingo.
Olhando para elas, confesso que algo me incomoda... mas ainda não descobri o que!

Camisa, Le Lis Blanc; Regata, Hering; Short, Handbook; Cinto, acervo; Bota, Bottero
Feliz com as novidades que vem por aí... aiai... me aguardem! Tô preparando muita coisa legal pra vocês! :)
Feliz/surpresa com os mimos que chegaram em casa no fim de semana.... 
Esse foi um dos presentinhos que chegaram pra mim no feriado. Não é a coisa mais fofa? AMEI!


Ótima sexta! Que seja doce..... :)
And a very nice weekend for you all!
Feliz 2011, galera!
Não, eu não bebi demais no carnaval.
Ao contrário, meu carnaval foi bem tranquilo (graças a Deus!) e cheio de coisinhas da faculdade para ler/pesquisar/escrever.
E como dizem por aí (e eu acredito que seja verdade), o ano no Brasil só começa de verdade após o carnaval. Então, já estouraram suas champanhes? :)

...
Há algum tempo que meu xodó é o Ipanema, da Ana Hickmann.
A cobertura é fantástica. Uma camada e já fica no tom do vidrinho. Sem contar a secagem rápida e a longa duração. Me apaixonei perdidamente! E não deixo faltar. Morro de medo de tirarem das lojas, então faço um mini-estoque. Exagero? Não sei. Mas como a indústria tem seus golpes de mudanças, prefiro me previnir.

Which nail polish you like the most?

E vocês? Qual o esmalte preferido de vocês? Me contem! :)
I want to wander
Through the Saint-Honoré,
Do some window shopping
In the Rue de la Paix
That's for me:
Bonjour, Paris!
I want to see the den of thinking men
like Jean-Paul Sartre.
I must philosophise with all the guys
around Montmartre and Montparnasse!

Segunda de carnaval e resolvi tirar o dia pra passear com as meninas... Minha irmã, sobrinha e eu! :)
Fomos tomar café da manhã em um bistrô delicioso aqui de São Paulo (que vai ganhar um post em breve, aguardem!), passear no shopping, dar risada e afins.
O dia estava cinza e geladinho. O outono já se anuncia e nessa época não dá pra sair de casa com roupas muito leves ou sem um casaquinho... senão, é gripe na certa!
(...)
It's time for carnaval here and I decided to spend the day with the girls... My sister, niece and I!
We went for breakfast at a marvelous bistrô here in São Paulo (that will have a special post soon, wait!), shopping, laugh and etc.
The day was gray and a little bit cold. Autum is coming and we can't go anywhere without a warm coat or blouse... otherwise, we'll get a cold!

Cenas de um café da manhã parisiense incrível! :)
A galera pergunta o tempo todo mas, não, ela não é minha mãe! / People ask all the time but, no, she's not my mom!
Celia veste (ela não quis tirar fotos de corpo inteiro, então aqui vão os detalhes do look.. rs): Vestido, Marisa; Lenço, Acervo; Brincos, Maiorca; Sapatilha (apesar de quesa não aparecer), Bottero "Passione"
Regata, Hering; Camisa, Clock House C&A; Jeans, Renner; Sapatilha, Bottero
Céus! Como criança cresce rápido! Minha pequena já é uma mocinha! #orgulho
Jeans, Versatti; Camisa, mandei fazer; Bolero, acervo; Sapatilha, Moleca; Bolsa, LV (yeah, baby! :P)

I'm strictly (a) tourist
But I couldn't care less.
When they parlez-vous me
Then I gotta confess,
That's for me:
Bonjour, Paris!