Foi assim.
Eu prometi pra mim mesma que não ia ligar a tv.
Afinal, o casamento real inglês não assistiria aula por mim. Nem iria abonar minha falta.
Mas ao ler os comentários no twitter enquanto me arrumava, a curiosidade falou mais alto.
Sim, eu cheguei atrasadíssima na aula! HUNF.
O que valeu a pena?
Ver a declaração do príncipe ao colocar a aliança em Kate, me fez suspirar.
Não o acho um super gato. Ele não faz em quase nada o meu tipo. Porém, que mulher não suspiraria ao ouvir "com este anel eu te respeito, com meu corpo eu te espero e meus bens contigo eu divido"?

Casamento dos sonhos de qualquer mocinha. Com direito à carruagem, cenário lindo, pompa e tradição.
Mas o que eu mais curti foi a organização e respeito do povo, que lotou as ruas pra ver o casal. Educação é outra coisa, né? Lindo demais de se ver! :)





Créditos: Reprodução/G1
 
Ok, vou ali voltar a prestar atenção na aula.
Mas tinha que comentar isso com vocês! hehehe
Meu lado menininha ficou todo aflorado com esse casamento dos sonhos! :)

Bisous!
Sweet dreams are made of this
Who am I to desagree?
I travel the world 
and the seven seas
Everybody is looking for something...

Look da coletiva! Friozinho + canseira + dia cheio após coletiva: deu nisso! [risos]
Camisa de seda soltinha, sobreposição com regatinha, legging e shorts. E pra dar um toquezinho bacana, ankle boots super confortáveis. 
Afinal, andar pra lá e pra cá desde cedo, pede que se leve em conta o conforto! :)
Espero que gostem! 


Finalmente terminei o texto sobre a exposição! [aleluia!]
Ele aparece aqui ainda hoje! Fiquem atentos! :)

Bisous!
... um bom lugar pra ler um livro, 
e o pensamento lá em você... 

Nossa, que delícia de friozinho! Estou amando muito esse tempinho! 
Queridos e queridas, surgiram vários compromissos de última hora e não consegui terminar de editar as fotos dos posts de hoje e de amanhã. Então, vim avisar que não vou sumir. Só estou atrasadinha! Ok? :)
Podem ficar ligados que a qualquer momento (de hoje, eu espero) vai aparecer meu post sobre o Pierre Cardin. 
E tem mais surpresinhas a caminho! E mais looks! E eu vou respondendo e visitando todos com calma entre um compromisso e outro, viu? Não me abandonem! [hehehe]

...

Love is the irresistible desire to be iressistibly desired. (Mark Twain)

Bisous!
Assumo: eu estava morrendo de saudades de dias cinzas, ventinho gelado, noites com edredon e chocolate quente... E também louca para voltar a usar meias, botas, lenços e cachecóis! :)
#suspiros
Vamos todos saudar o inverno que se aproxima! E dar boas vindas ao outono que, finalmente, resolveu dar as caras pra trabalhar! 
As fotos de hoje, ainda são do feriado de Páscoa. 
Usei pra sair com a minha irmã na noite de domingo. 
Delicinha de noite estrelada, com garoa e vento gelado! 
Quem me segue no twitter, viu que eu mal dormi entre a sexta-feira santa e o domingo. Portanto, be cool! Nada de dar um master zoom na foto e ver minhas olheiras (ou a quantidade de maquiagem que eu passei pra disfarçá-las), combinado?

Vestido, ; Segunda Pele, Trifil; Meia-calça Canelada, Trifil; Lenço, Hermès; Sapatilha, Corello; Bolsa, Mundial
The greatest thing you'll ever learn, is to love and be loved in return. [Moulin Rouge]
* Ah! Ontem estive na coletiva da exposição Pierre Cardin - Criando Moda Revolucionando Costumes, que ocorreu aqui em São Paulo, no Lounge One. Vocês já devem ter visto por aí que ele está na cidade, não é?
Portanto começem a se preparar pois a exposição tá pra começar e promete ser imperdível! 
Estou preparando um post contando um montão de coisas pra vocês! Fora as fotos, óbvio! :) 
Me aguardem que mais tarde ele pinta por aqui! 
Bisous!

I'm strictly (a) tourist
But I couldn't care less
When they parlez-vous me 
Then I gotta confess, that's for me:
Bonjour, Paris!

Quem se lembra dessa frase?
Pois bem, deixem que eu me explique.
Hoje começou o youPIX Festival 2011, aqui em São Paulo.
Eu estava super ansiosa pelo evento que prometia ser uma forma bacana de trocar conhecimentos sobre as mídias e participar de debates com temas voltados à cultura, comportamento, negócios e comunicação. Me credenciei pelo portal, selecionei meus favoritos da programação e aguardei pacientemente pelo evento. 
Fui surpreendida. 
E vou detalhar os motivos. 
Cheguei na Bienal acompanhada de um amigo que não havia feito o cadastro. 
A fila era a mesma para ambos. Ok.
Ao chegar no balcão, peguei meu crachá e retirei o tal do #vivopass que, tinha o intuito de facilitar a interação com as redes sociais enquanto o seu portador estivesse no evento. Já o amigo que me acompanhava, por não ter se cadastrado antes, só poderia ter acesso ao #vivopass enfrentando mais uma fila, mais um cadastro. Desistimos e resolvemos seguir para dentro do Porão das Artes afim de matar nossa curiosidade.
Entramos; e eu suspirei. 
Não, não foi de emoção. 
O cenário não era nada agradável. 
Em um espaço muito mal utilizado, mochilas espalhadas, comida sujando o chão e pessoas com feições não muito empolgadas, estavam distribuídos os stands de apoiadores e patrocinadores. 
O que eles ofereciam?
Estou até agora tentando descobrir. 
Um dos melhores exemplos que posso citar, é o stand de uma rádio. Nele, alguns promotores desatentos conversavam e um casal jogava boliche no wii, bem compenetrados. 
Paramos ali e ficamos olhando o 'stand' por algum tempo. 
Haviam pilhas de revistas [de música], sacolas e adesivos em um dos cantos. 
Kits para distribuição, só que desmontados. Faziam mais de 3 horas que o evento havia começado, oficialmente! E nada ali parecia estar pronto!
Uma das meninas, segurava 3 desses kits enquanto conversava.
E como ninguém e nem nada veio nos explicar, entreter ou coisa do gênero....
Passamos ao próximo stand.
E quanto mais andávamos por aquele espaço, mais eu compreendia quão tosca era a cena que eu presenciava. Vários jovens, entretidos com seus notebooks, macbooks, iPhones, blackberries e afins, nem sequer se olhavam. Espera aí!!!
Não sou nenhuma expert. Sou apenas uma usuária curiosa, ávida por mais conhecimento. 
Mas, pelo que eu saiba, a tal da web 2.0 não prega a participação, colaboração, o dinamismo?
Eu fiquei lembrando das minhas aulas... 
Será mesmo que entendi tudo errado?
Ou será que só fui perceber ali, quanto as pessoas estão fechadas, individualistas e distantes da comunicação ao vivo e em cores?
Estremeci. Olhei para o lado. 
Meu amigo estava com uma feição que me confortou. 
Eu não era a única incomodada com aquela situação.
Resolvemos então ir até o auditório onde as palestras aconteciam. 
Mais uma decepção.
Lá, outros tantos jovens, sentados. E com seus notes e celulares ligados. 
Poucos prestavam atenção ao que era discutido. 
E o que era discutido não passava de achismos sem sentido. 
Tive vontade de gritar: como assim???
Como assim eu venho em busca de conhecimento e encontro isso?
Será que eu idealizei demais o evento?
Ou será que a organização falhou terrivelmente neste primeiro dia?
Pode ser que um pouco dos dois. 
Mas, fato é que eu não aguentei mais de 20 minutos naquela sala, onde uma pessoa falava besteiras no microfone para uma plateia desinteressada e distante. 
Só o que posso dizer é que eu espero que amanhã, essa minha péssima impressão mude. 
Ou não farei a mínima questão de ir ao encerramento. 

E só pra terminar de desabafar: enquanto eu escrevia este post, meu foursquare atualizou sozinho dizendo que eu estava no evento. Oi? Como assim, produção?
Estou em casa, curtindo um chocolate quente e me preparando pra cair de cabeça no TCC e o #vivopass insiste em dizer aos meus seguidores no twitter e aos amigos do foursquare que eu estou no evento.
Da série, bugs que me irritam! 
Compreendem agora o motivo do título deste post?
Hoje, eu preferia ter ido ver o Pelé com você, Chaves! 


Alguém aí já conhece a marca Lilli Davys?
Eu conheci há poucos dias e estou adorando navegar pelo site [fofo] deles.
E como não me aguento sem compartilhar coisas bacanas com vocês, vim falar um pouquinho sobre o que vi e li a respeito.
A marca aposta na diversidade da mulher brasileira e mistura várias referências como o romântico e o moderno. Além disso, um detalhe que me chamou muito a atenção é a presença do trabalho manual nos produtos e do também do toque víntage.
Olhem só esses dois mimos que eu selecionei (e estou flertando horrores, diga-se de passagem):

Presilha tipo casquete 
Relógio Víntage (já bem pensei no dia dos namorados quando vi! hehehe) 

Não são umas graças?
Vale a pena o clique, pra conhecer! :)
Aqui vai o link de novo [já tinha lá no início do post pros super curiosos, como eu! hehehe]: Lilli Davys

Me contem o que acharam e se já conheciam, ok?
E se alguém já tem coisinhas da marca também, pois quero trocar figurinhas!

Bisous!

** Gente, hoje eu vou demorar pra responder os comentários. A agenda tá lotada e eu só volto no fim do dia pra casa! Mas fiquem tranquilos que, chegando, vou responder um por um! :)
E boas vindas aos novos rostinhos! É uma delícia tê-los aqui!
Eu não vou pro céu também
Eu não sou tão bom assim
E mesmo quando encontrar alguém
Você ainda vai ver a mim...
Nos seus livros, nos seus discos
Vou entrar na sua roupa
E onde você menos esperar...

Bom dia, dia!
Como foi o feriado de vocês?
O meu foi bem mais agitado do que eu havia previsto.
E posso dizer que, mesmo começando a semana super cansada, eu a começo bem mais leve!
Boas companhias, bons momentos....
Isso renova as energias e dá um super gás pra enfrentar a semana cheia!
Mas, vamos às fotos! Muitas cores hoje! Espero que vocês gostem! :)

Vestido, Triângulo; Regata, Acervo; Cinto, sutilmente afanado do guarda-roupa da mamãe; Rasteirinha, Arezzo
Detalhe da estampa que eu amo!
Fazia tempo que eu queira experimentar essa trancinha! :)
Fotos: Ana Helena Rillo



Embaixo da cama,
Nos carros passando,
No verde da grama,
Na chuva chegando,
Eu vou voltar...

Let's spend the night together
I know you want it too
The magic of the moment
Is what I've got for you
The heartbeat of this night
Is made to lose control
And there is something in your eyes
That's longing for some more
Let us find together
The beat we're looking for...

Lembram daquele papo sobre fotos que representam momentos, sentimentos, lembranças?
Então! Tenho aumentado consideravelmente a minha coleção! Escolhi algumas, entre as várias que eu tirei ontem, pra mostrar aqui! :)

@ Black Dog
@ Wondercakes
@ Ofner
@ Bar Volt
Update: Queridos e queridas, vou ao encontro da família e alguns amigos mais próximos. Volto na segunda, com muitas fotos! E muitos looks! ;)
Uma deliciosa e divertida Páscoa, pra todos que passarem aqui!
Bisous!

The rhythm of love is the heartbeat of my soul...

Se alguém perguntar por mim
Diz que fui por aí
Levando o violão
Debaixo do braço
Em qualquer esquina eu paro
Em qualquer botequim eu entro
E se houver motivo, é mais um samba que eu faço
E se quiserem saber se eu volto
Diga que sim
Mas só depois que a saudade se afastar de mim...



Hoje eu vou ali, cuidar de mim.
Amanhã, voltamos com a programação normal, tá bem?!

Bisous
Pois é! Meu feriado, em tese, começou ontem.
Em tese sim, pois o feriado de Páscoa, no meu caso, só vai servir pra me enfiar no TCC e em alguns outros projetos com um tantinho a menos de sono.
Quem estará por aqui pra me fazer companhia? :)

Bom dia, véspera de feriado. Pode ficar assim até segunda?
E agora, vamos às fotos.
Ontem eu resolvi sair a noite super de última hora. Super sem tempo.
SUPER sem inspiração.
Tempinho finalmente começando a esfriar... ventinho gelado nas manhãs e noites. Delicinha: tirei a legging do armário, pra começar.
Depois fiquei na dúvida entre bota e sapatilha: nenhum dos dois! Scarpin!
Sim, depois de um longo e tenebroso verão, renasceu em mim a vontade de andar de saltão por aí.
E eu confesso que estava com saudade!

Blusinha, Acervo; Legging, C&A
Scarpin, Via Uno
 
Pra quem vai viajar, ótimo passeio! :)
Quem for ficar por aqui me avisa, combinado?
Vou colocar todas as visitas em dia, fiquem tranquilos! 

Bisous!
Eu adoro fotografar. Tiro foto de tanta coisa, tanto detalhe, que às vezes me perco em meus arquivos...
Cada foto traz uma lembrança, um pensamento, um sentimento. Específicos.
Ontem eu queria muito ter fotografado o look pra vocês mas, esqueci.
O dia foi cheio de pequenos detalhes felizes, eu não tinha dormido nada na noite anterior.. ou seja, tudo contribuiu pra que eu só lembrasse das fotos, hoje.
Mas, salvei algumas imagens. São pequenos detalhes de uma segunda azul, que vou compartilhar aqui com vocês.

Almoço que sorri | Arte da minha pequena.
Esses, e vários outros cartazes víntages, podem ser encontrados no corredor que dá acesso às salas de cinema do Espaço Unibanco. | Gamei e queria tirar foto de todos mas, eu ia acabar perdendo o filme! [rs]
Starbucks Petites | Gotta love!

Hummm... me deu até vontade de repeteco, agora! :)
Bisous!
A música mais linda do (meu) mundo, da madrugada de segunda pra terça:

And all the roads we have to walk are winding
And all the lights that lead us there are blinding
There are many things that I'd
Like to say to you
But I don't know how
Because maybe
You're gonna be the one that saves me
And after all
You're my wonderwall



Atenção: este post é gigante. Sério. ;)

Na última segunda (11), fui convidada a assistir Eu Sou O Número 4.
Confesso que cheguei no cinema sabendo única e exclusivamente que se tratava de um filme de ficção científica. Informação passada por um amigo, de última hora.
Pois é. Péssimo erro não buscar informações antes. Mas a correria  da faculdade somada à vontade de desligar um pouco do mundo em uma sala de cinema, me fizeram simplesmente amar a ideia e aceitar o convite.
Cheguei no cinema e, com pipoca e coca zero em mãos (aos que me conhecem, não se assustem: foi apenas uma exceção aberta em momento de sede absurda pois, no ímax do Unibanco Pompeia não tinha água sem gás! #mágoa), entrei na sala. E começaram as surpresas:
1) No corredor de entrada da sala eu já me assustei com a quantidade de seguranças.
2) Ao entrar de fato na sala, eu quase dei meia volta e fui pra casa: o cinema estava tomado, MUITO tomado, de adolescentes.
Mocinhas, em sua maioria, que se esgoelavam, conversavam e davam gritinhos histéricos.
Sentei em uma das últimas fileiras, bem lá no canto, torcendo pra que o filme começasse e meus ouvidos fossem salvos.
Doce sonho. Descobri então, através de uma das mocinhas que cuidava daquele aglomerado de 'anjinhas', que a banda NX Zero estaria presente na sessão.
* momento de tensão *
- Como assim o NX Zero vem? O que eles tem a ver com esse filme? Alguém me explica, por favor?
Corri pro celular pra pesquisar algo sobre o filme.
Vale ressaltar aqui o quão fraco é o sinal da Claro dentro daquela sala de cinema!
Enfim, descobri que era um filme de ficção científica sim. Maaaaas, adolescente.
Daí a enumerar as possibilidades, foi um pulo:
- Será que eles fazem participação? Trilha sonora? Dublagem?
O que eu sei é que se passaram longos 60 minutos em que pude ver cada detalhe do assédio aos moçoilos, quase deitada na cadeira (que fique registrado).
Ok, pulemos a parte dolorosa dos gritinhos, fotos, bichinhos de pelúcia voadores e competições pra ver quem tinha tirado a maior lasquinha dos integrantes da banda.
FINALMENTE, as luzes se apagaram.
Mas, me iludi demais ao pensar que a plateia se calaria. Então, entrei na brincadeira.
Foi o filme mais comentado da minha vida. Risadas aos montes de várias cenas (do filme e dos lados); aqui vale agradecer a presença de um amigo super divertido que entrou na dança comigo.
Enfim, que post gigante. Vamos ao que achei do filme, em si. (não me xinguem, ok? hehehe)

O filme pode ser considerado um mix de Smallville, Crepúsculo e Harry Potter.
O alienígena protagonista, representado por Alex Pettyfer, é enviado a Terra com a missão de achar seus pares e tentar assim, proteger a continuidade de sua espécie.
Com uma quantidade imensa de propagandas, o filme transcorre sem surpreender.
Efeitos já conhecidos do público e também do seu produtor, Spielberg, podem até encantar pela execução mas, de nada inovam no segmento.


O filme é divertido, confesso.
Mas, aconselho: levem alguém beeeeem divertido com vocês. O filme ganha vida com os comentários que podem surgir durante sua execução. Fica a dica! ;)
... momentos que são meus e que não abro mão!


Respirar, conversar, rir.. é bom demais! Sair da rotina, mais ainda!
Virada cultural? Até passei por lá.
Mas como é triste ver o estrago que deixa pelas ruas de São Paulo..
Domingo de manhã e as ruas estavam MUITO sujas. Latas de cerveja, garrafas de plástico daquele vinho bem ruim, sacos plásticos, restos de comida, vômito... blé!
Fico triste de ver que um evento tão bacana, acaba deixando rastros tão negativos na cidade.
Mas enfim, vamos falar de coisa boa! Hora das fotos do fim de semana! :)

p.s.: post lotado de fotos. LOTADO mesmo! (hehehe)

Sexta foi dia de revê-la e colocar o papo em dia!
Nelly, sua fofa!
Look de sexta...
Minha princesinha se encantou pelo Boulevard do Shopping Higienópolis!
Bolsa da tia Camilla... (rs)
Look de sábado...
Almoço de domingo.. nham nham nham!

É... paramos por aqui! Vou ali continuar a recarregar as energias, que o dia tá uma belezinha!

Ótimo domingo pra todos! E que seja doce...! ;)