O segundo dia de desfiles começou cedo, cinza e super frio. E olha que geralmente a gente vai toda trabalhada no look verão, para conferir as tendências de inverno! O mundo anda mesmo muito louco... 


Só pela locação do desfile, já se podia esperar um espetáculo: Alexandre Herchcovitch levou convidados, equipe e modelos para o Theatro Municipal na manhã desta terça-feira. E aí foi só grandezas e delícias por todos os lados. Celso Kamura cuidou da beleza das meninas e a trilha sonora ficou por conta do Quarteto de Cordas do Municipal. A cor mais viva em sua paleta escolhida era o magenta, que deu um toque de alegria às peças em preto, cinza e off white. Mas o estilista não escolheu a ala mais glamurosa do teatro para sua apresentação. O lugar escolhido foi a cúpula, onde acontecem os ensaios e que comporta apenas 150 pessoas por vez. Por conta disso, foram feitas duas apresentações. O detalhe mais lindo dentre os 35 looks apresentados ficou por conta dos vestidos: super femininos e rendados. A renda é uma parceria com Martha Medeiros. E essa doçura toda divide o espaço com um sexy vestido de couro preto que deixa claro que ali tem opção pra vários gostos. E que duram vários invernos. ; )


A passarela da Acquastudio trouxe de volta o brilho e o glamour das divas dos anos 40, com uma proposta absurdamente feminina e delicada para a próxima temporada de inverno. Highlight para cinturas bem marcadas e saias rodadíssimas na altura da canela, uma eterna referência pós-guerra de Dior e seu "New Look". 


Ainda na vibe dos anos 40, Fernanda Yamamoto também decidiu trabalhar mais esse lado feminino de época com saias e vestidos na altura das canelas. Uma parceria que se destaca nesta edição é a que fez com o pintor de aquarelas André Maciel, que desenvolveu uma estampa floral que foi impressa digitalmente no tecido. Cores? Vibrantes!


A inspiração de Vitorino foi a natureza e seu elo com a vida e a fotografia. E só ele mesmo para poder entender como foi a tradução disso em roupas. O que interessa é que o desfile foi leve e emocionante. Com peças clássicas como camisas brancas e sexys com transparências. Muito longe do vulgar, ele pausa em algum lugar clarinho do romance e fica por lá. Adorei! 


Eu sempre piro nas coleções da Juliana. Acho um poço de sensualidade e feminilidade. Romântica na medida exata. Sexy, sem vulgar! [risos] Saias e tecidos fluidos ganham espaço até no inverno da estilista que encanta em cada detalhe. Ai gente, sou suspeita demais! Me contem aqui nos comentários se vocês também caíram de amores por ela, por favor! : )

Fotos: Ag. Fotosite
One day, I'm gonna live in Paris
I promisse....

Semana de SPFW para mim sempre é uma delícia. E uma correria. E uma zona. Tudo junto misturado. Porque afinal a vida normal segue no paralelo e dar conta de tudo é um senhor desafio. E hoje a maratona era mais do que intrigante. Acordei sabendo que tinha desfile, agência, ensaio... como encontrar um meio termo bom para todos? Ora, mas é até meio óbvio: os clássicos! Aproveitei que hoje era o dia do desfile da Ellus e me joguei no jeans. Que eu vivo um caso eterno de amor com ele. E ele tem o poder de ser chique e confortável. Versátil. Carinho pra pele. E proteção do vento gelado que anda soprando aqui por São Paulo. Mas eu também acordei ainda meio imersa no clima do #LBJnoBrasil de ontem. Então resolvi matar a saudade da bolsa que ganhei de presente do namorado. E pra completar escolhi uma camisa branca: o coringa de qualquer produção mais ajeitadinha. Só que aí eu achei que tava tudo meio básico demais e taquei um saltão e umas pérolas. =P Pronto, era o charminho que faltava pra eu sentir um amor especial pela produção do dia que ia me deixar confortável no trabalho, apresentável no desfile e versátil pro ensaio no fim do dia. Afinal, nem todo mundo consegue parar a vida inteira pra dar conta da semana da moda. E eu acho que o mais legal é saber que ela vem, me faz dormir pouquíssimo por uma semana inteira, mas não deixa um vazio quando se vai. Porque a minha vida não para. A semana de moda vem e se agrega. E a minha vida? Ah, ela continua, assim como todos os projetos que tenho. E haja correria, energia e disposição. Mas essa é uma correria deliciosa e eu não troco por nada. Pelo menos por enquanto. [risos] <3

Jeans: Ellus
Camisa: Marisa
Sandália: Arezzo
Colar: Customize
Anel: Feirinha da Liberdade
Bolsa: Chanel
Fotos: Juliana Resende

So go and pack your bags
For the long haul
We're gonna lose ourselves
I promisse!

Primeeeeeiro dia de trabalhos no Parque Villa Lobos e já cheio de coisa linda para ver. E apesar de eu não gostar nadica da ideia de o evento acontecer no Villa Lobos (ah, sinceramente galere! Saudades da Bienal : / ) lá fui eu ansiosíssima para conferir os trabalhos, as obras e as novidades. E eu, como prometido, trago aqui os meus momentos, looks e cliques favoritos, do primeiro dia de desfiles! : )


A Animale iniciou os trabalhos com sala lotada e muita inspiração vinda da Grã-Bretanha e da cultura dos druidas. As peças vieram com forte presença de vermelho, verde e petróleo. Uma aposta da marca é também sua grande estreia: camisas e calças com barra e manga de sino. As peças de couro trazem o elemento trabalhado em relevo e acabamentos que remetem à cultura punk da Inglaterra. E apesar de já ter caído de amores por aí, o prêmio "estrela dos olhos" desse desfile ficou com as lãs. Tramas que se misturam com renda e tecidos fluídos mostram uma preocupação extra com as peças, que são muitíssimo bem acabadas, apesar de parecerem artesanais. 


Até ontem pela manhã eu ainda não sabia que a UMA desfilaria em parceria com a São Paulo Cia de Dança. Foi então que a Patty, super querida me deu a notícia. E o convite. E a emoção. 
O desfile foi pra lá de lindo por trazer dançarinos e uma performance no lugar do usual desfile de carão. As cores são as básicas (preta, cinza, chumbo) combinadas e iluminadas por um azul klein divino. 
A performance foi inspirada no cotidiano e em como as peças de moda do dia a dia precisam ser funcionais, além de bonitas. Fiquei apaixonada pela apresentação! 


Meu caso de amor com Tufi já vem de outras temporadas. Eu adoro o estilo, os traços, a combinação das cores. Sou fã. E como tal, sou suspeita. : P A mistura de couro, lã e ráfia deixou o inverno com um toque charmoso que só. A inspiração do Edu Pombal para essa edição foi "África: o trabalho do fotógrafo Malick Sidibé dos anos 50 e 60". Cinturas muito marcadas, gladiadoras e botas de cano altíssimo (acho que chamam de legging boots ou algo assim) nos pés reinaram na passarela. E eu que sou a louca das botas já fiquei namorando a tal da bota de cano altíssimo que parece uma calça. Já preparando o coração para o próximo inverno. [risos] Vejo as peças de Tufi e me dá vontade de ter uma festa por semana pra me montar da cabeça aos pés.


A Osklen fechou o primeiro dia dos desfiles trazendo o universo do futebol em suas peças. A marca escolheu cores fortes e lã bem grossa, que é (no meu entendimento) pra ser útil e estiloso ao mesmo tempo. 
Looks despojados, larguinhos e monocromáticos (sem falar nas estampas) dividem espaço com acessórios riquíssimos. E eu curti bastante os acessórios, vou tentar fazer um post só pra falar deles por aqui, me aguardem! ; )

Fotos: Ag. Fotosite
Chega nesta semana no Brasil a exposição que está mexendo com a cabeça das fashionistas em torno do globo: Little Black Jacket traz mais de 100 fotografias de personalidades usando casaco preto de tweed. O clássico. O eterno. Que foi usado por Coco Chanel em 1954 e revolucionou os closets "around the world". Ele mesmo! A obra é fruto de uma parceria entre Karl Lagerfeld (diretor-criativo da Chanel) e da ex-diretora da Vogue Paris, Carine Roitfeld. A exposição vai acontecer na OCA do Ibirapuera e tem em seus cliques nomes como Sarah Jessica Parker, Yoko Ono e Kristen Dunst. Querem mais uma boa notícia? A expo será gratuita! \o/


- Todos anotando na agenda com a tag de "imperdível"! ; )
Como disse aqui no último post, nesse domingo (27) aconteceu o primeiro evento da semana de moda de São Paulo: um agitado e hypado desfile na linha verde do metrô da capital. Foram 40 modelos que embarcaram junto ao público no metrô e foram até a estação da Vila Prudente, com paradas na Ana Rosa, no Alto do Ipiranga. A cantora Gigi Suleiman tomou conta da trilha sonora do desfile itinerante presenteando a todos com sua música. Os cuidados do styling ficaram por conta de Flávia Pommianosky e Davi Ramos, que selecionaram peças do acervo de grandes nomes da passarela como Herchcovitch, Ellus, Reinaldo Lourenço e Triton. O resultado final foi um belo quadro colorido e divertido, composto por modelos e passantes. Alguém aí conferiu de perto o evento? Conta pra mim o que acharam nos comentários! ; )

Fotos: Ag. Fotosite

E chegamos à mais uma edição do SPFW! Gente como o ano passou depressa! Não foi ontem que falávamos da última edição? [risos] A passarela da moda volta a aterrissar no Parque Villa Lobos para a temporada de Inverno 2014. Mas além de alguns nomes novos, temos novidades na agenda de eventos paralelos e também uma super novidade que finalmente rolou: o evento será transmitido ao vivo pela internet. Que lindo ver a quebra desse paradigma que fechava o evento apenas à uma restrita leva de convidados. Tô feliz!! : ) Voltando a falar de agenda, o evento começa neste domingo (27) com uma intervenção no metrô de São Paulo. A ideia é ter desfiles, performances e muita moda pela linha verde, que liga a Vila Madalena à Vila Prudente. O evento está previsto para iniciar ao meio dia, na estação Vila Madalena. Lá será montado um backstage cenográfico: um camarim translúcido onde as modelos receberão os últimos retoques de maquiagem e ajustes nas roupas. Dali partem em seu desfile itinerante com paradas na estação Ana Rosa e no Alto do Ipiranga. O percurso ainda conta com a participação da cantora Gigi Suleiman, fazendo a trilha do desfile ao vivo. ; )

Fiquem ligados na fan page e no instagram que vamos subir fotos quentíssimas dos melhores momentos da edição. \o/ E lógico, os resumos diários continuam como em (quase) todas as edições anteriores! Empolgadas? Aos desfiles!

Calendário de Desfiles

Segunda-feira - 28 de Outubro
17h30 - Animale
18h30 - Uma Raquel Davidowicz
20h - Tufi Duek
21h30 - Osklen

Terça-feira - 29 de Outubro
10h30 - Alexandre Herchcovitch (fem) 
16h - Acquastudio
17h30 - Fernanda Yamamoto
19h - Vitorino Campos
20h - Juliana Jabour

Quarta-feira - 30 de Outubro
10h30 -  FH por Fause Haten
11h30 - Ellus
17h - João Pimenta
19h - Forum
21h - Triton
22h - Cavalera

Quinta-feira - 31 de Outubro
10h30 - Pedro Lourenço
12h30 - Pat Pat's
14h - Glória Coelho
16h - Ronaldo Fraga
17h30 - Patrícia Motta
19h - Lino Villaventura
20h30 - Colcci

Sexta-feira - 1 de Novembro
14h30 - Reinaldo Lourenço
17h - Amapô
18h30 - Têca por Helô Rocha
19h30 - Alexandre Herchcovitch (masc) 
21h - Samuel Cirnansck
Aconteceu nessa semana a pré-venda (para convidados) da coleção especial Roberto Cavalli para C&A. O próprio Cavalli veio ao Brasil para prestigiar o lançamento e apresentar as peças, receber convidados e falar com a imprensa. Como já falei aqui, adoro essas coleções especiais da C&A pois geralmente trazem pro universo "acessível" criações de estilistas consagrados. E é aí que entra a minha tristeza com essa coleção: tem peça valendo R$799. Gente, nada contra a C&A (que eu amo, inclusive) mas, eu vivi o suficiente para ver uma peça da C&A custar quase mil reais! Estou francamente assustada! Está tudo aumentando demais ou é só minha impressão? Passei um tempo essa semana refletindo sobre isso e percebi que pra mim, muitas coisas perderam a mão nesse ano de 2013. Fugiram do propósito. Saíram da estrada. Se perderam, no meio do caminho. Enfim! Fato é que o lançamento foi um sucesso e lotado de mulheres ansiosíssimas pelo rompimento da fita para atacar as araras em busca de seus modelos favoritos. Eu não sou super fã de estampa mas, achei alguns modelos bem lindos. E também preciso confessar que meu foco de atenção e sorrisos na noite foi para a decoração da loja, toda em balões fofíssimos. #almadecriança

Fotos: Luciana Prezia
It's time to begin, isn't it? 
I get a little bit bigger but then I'll admit
I'm just the same as I was...

A quinta começou lenta, quente e cheia de sono. Algumas dores no corpo também. Aquelas que clamam pelo fôlego extra de lembrar que a semana está no fim. E que depois de uma quarta-feira com saudosismo do colégio (leiam "eu estava de jeans e camiseta e não fotografei por motivos de prefiri dançar um pouco mais" <3), decidi que queria algo simples e sexy. Simples e confortável. Simples e charmosinho. E obviamente queria algo que fosse super fresquinho. Pois o calor anda de matar aqui na terra da garoa. Tanto, que a garoa virou tempestade de verão e anda inundando as tardes para refrescar o ar. E eu confesso que até gosto disso. Calor e chuva. Ar úmido. Pele quente. Já tô entrando no clima das férias desse jeito...! ; ) As escolhas para me encaixar nesse cenário foram báááásicas: vestidinho fino, sandália de spikes e brincos um pouco maiores, para compensar a total ausência de colares. Adoro esse vestido por achar que ele é ótimo como coringa: combino com váááárias peças do meu armário e sempre sai algo diferente! : )

Vestido: Marisa
Sandália: Sonho dos Pés
Brincos: Acervo
Fotos: Juliana Resende

Now don't you understand
That I'm never changing who I am!