Malévola

2 Comments

Desde pequenina, eu sempre gostei demais da maioria dos vilões. Mas, quando se tratava da Malévola, era amor. Eu não gostava da Aurora, não curtia o príncipe Philippe e nem achava que nada se encaixava no conto na realidade da minha cabeça. Mas.. a Malévola estava lá e pra mim era a única que fazia sentido. E eu sabia cada fala de cor. E eu via essa mesma cena centenas, dezenas de vezes por semana.
Eu cresci, o tempo levou as fitas cassetes ao esquecimento e eu continuei mantendo minha coleção de clássicos Disney intacta, aqui em casa. Sei lá, tradição, apego. Parte da minha infância, grande parte eu diria, está naquelas fitas. E acho realmente uma pena que as novas gerações já não se interessem por contos como na minha época. Então dá pra imaginar como ficou meu coração quando descobri que a Disney planejava fazer filmes de seus personagens mais icônicos?
...
Em 2014 a vilã completa 55 anos desde que a primeira maldição do sono foi lançada em Aurora em um filme Disney (1959). Para celebrar o aniversário, as produções Disney decidiram contar o que há por trás do conto de fadas. O que há por trás da maldição. O que endureceu o coração da personagem. 


A partir do minuto do anúncio, passando pelo teaser, pelos traillers, pela versão da música-tema feita por Lana Del Rey, a ansiedade no meu coraçãozinho só aumentavam. Eu sabia que podia odiar o que fizessem com minha vilã preferida mas, eu tinha que conferir. Eu tinha que estar lá. 
E lá eu estava. 


A intenção desse post não é a de gerar spoilers e sim, a de incentivar todos os meus leitores a conferirem essa estreia que chega hoje às salas de cinema de todo o Brasil. O filme trará a história da personagem desde jovem, bem como todos os que possivelmente a cercaram. 
O cuidado Disney com detalhes está presente a todo o momento. A começar com o figurino de Malévola que ganhou enormes e pesadas asas para a trama. Aliás, as asas da personagem são um dos maiores motivos para que eu os incentive a conferir o filme em 3D. ;) 


Do desenho de 1959, algumas partes foram mantidas quase que intactas. A cena da maldição de Malévola em Aurora, é uma delas. A Luli e o Gui, que estavam comigo na cabine do filme podem confirmar: eu dublei do meu lugarzinho, com os olhos brilhando de emoção. : D 



Mas aí o tempo começa a passar e ao contrário do desenho, o filme traz um toque mais realista para essa passagem de tempo. Dessa parte eu apenas vou deixar uma cena, a minha favorita, como brinde pra vocês: 


Fotos: Getty Images

Malévola vale cada segundo, cada centavo. Se você gosta da Disney, gosta de Bela Adormecida ou simpatiza com grandes produções, você tem que ir ao cinema neste fim de semana! ;)
AH! E se você tem filhas, sobrinhas, afilhadas... leve-as ao cinema. O filme é também, uma linda lição (realista) de amor e confiança. <3



Leia também

2 comentários:

  1. ai, a malévola SEM DUVIDA é minha vila preferida! acho que hj mesmo vou ver o filme XD

    www.tofucolorido.blogspot.com
    insta: liviaalli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é a melhor vilã EVER, na minha opinião! rs :P

      Beijinhos, querida! Espero que tenha gostado do filme!

      Excluir