Diário de Bordo: dia 4 - Buenos Aires [parte 2]

10 Comments
Depois de relaxar alguns momentos na piscina, corremos para a cabine para nos arrumarmos para o jantar. Eu havia separado um look adorável com salto alto digno de ir à um tango porteño típico mas, graças às andanças do dia meus pés tinham bolhas chatíssimas que não me deixaram nem mais cogitar sapato fechado. Tive que adaptar com uma rasteirinha. E tive que decidir isso meio rápido pois se não estivéssemos às 6h31 da tarde no teatro, perdíamos o passeio (e o dinheiro). Então, às 6h30, chegamos ao teatro correndo. Ingressos em punho.

Tango Porteño Dinner & Show

A organização de saída do passeio do navio lembra bastante uma excursão de colégio. Todos estão com seus convitinhos em mãos e são organizados em grupos por ordem de chegada e de ônibus. A medida que vão saindo os primeiros ônibus, formam-se novos grupos e por aí vai... 
Nosso grupo era um dos últimos, pra variar um pouquinho... =P

Tango Porteño
Tango Porteño
Buenos Aires
Buenos Aires

Ainda era dia e dos mais claros quando o nosso ônibus adentrou as avenidas principais do centro de Buenos Aires. Isso só me deixava mais e mais a vontade com a rasteirinha, apesar de a mulherada do ônibus estar em clima de casório, de tão arrumadas. 

Buenos Aires

Todas as vezes que saímos de ônibus do navio, tinha um guia nos acompanhando. Foi bacana passar pelos lugares que vi de dia, a pé, e ouvir um pouco mais de suas histórias. Outra coisa legal e que só notei de dentro do ônibus, por conta do horário talvez: os barzinhos de Buenos Aires, com cadeiras na larga calçada e pequenos telhados para abrigar seus clientes do sereno noturno eram apenas, minimamente, encantadores. Desejei naquele momento descer do ônibus e ir até esse da foto acima, para curtir o fim de tarde vendo o sol se por da rua. Outro ponto que me chamou a atenção e achei uma gracinha: os táxis em preto e amarelo. Achei tão charmosos! 
Depois de mais alguns minutos, chegávamos com o dia ainda claro (horário de verão em Buenos Aires também é amor) para nosso jantar no Tango Porteño

Buenos Aires

O Tango Porteño fica no bairro da Recoleta, próximo ao Teatro Colón e a Avenida 9 de Julio. 
O espaço é amplo e eles oferecem dois tipos de programa: jantar vendo o show (este costuma começar mais tarde, por volta de 8 ou 9 da noite) ou apenas o show. No caso do dia que fomos, a casa estava fechada exclusivamente para nós, por acordo feito com o pessoal do navio. 
Escolhemos o jantar com tango para ter uma experiência completa. E olha, a única coisa que não me deixou muito feliz foi a total falta de luz. Tentei salvar algumas fotos pois, tanto no jantar quanto no tango, a luminosidade da nossa mesa que era super próxima ao palco, era quase zero! 

Tango Porteño

O vinho era à vontade e dos mais gostosos: San Raphael, típico de BsAs. Entrou para a minha lista de vinhos mais amados depois dessa noite. O cardápio de comidas nos trazia entradas, prato principal e sobremesas. Minhas escolhas? O mais típico possível, por favor! :)

Tango Porteño

Para entrada, empanadas de chorizo. Eram tão grandes e suculentas que poderiam facilmente ser o jantar sozinhas. E olha que eu tinha 'almoçado' logo ali, umas poucas horinhas antes. =P

Tango Porteño

O prato principal? Bife ancho! <3 Vinha acompanhado de legumes e batata assada mas olha, é tão grande que quase não aguentei comer tudo. Uma delícia para quem não está acostumado com esse tipo de corte super grosso de carne. A minha única observação foi: aqui no Brasil, sempre que como carne, a carne vem super temperada. Lá, eles não temperam nem com sal! Tive que trabalhar um sal grosso marinho no bife mas, mesmo assim, sensacional!

Tango Porteño

Para a sobremesa, o show já havia começado e escolhi a opção que tinha chocolate. Simples assim. =P Mas ela em si, era linda. Mas não tão apetitosa. 

Buenos Aires
Buenos Aires

O tango é um espetáculo à parte, completamente. Eu pratico dança de salão há mais de cinco anos e sempre me emociona ver apresentações assim. Fora que essa tinha toda uma carga histórica envolvida. Entre uma música e outra, o narrador do show nos contava um pouco mais sobre a trajetória do estilo ao passar dos anos e como ele sobreviveu e se tornou um marco para o povo da Argentina. Dá gosto de ver. Dá gosto de aplaudir. :)
Ah! Esqueci de comentar: antes de o show começar, alguns bailarinos ficam disponíveis para tirar as típicas fotos no tango. Edu e eu tiramos duas, nós dançando e nós com eles. Eu achei as fotos lindas mas, quase caí para trás com o preço. Nas duas, gastamos 120 dólares. Caaaaro. Mas ok. Passou. 

Tango Porteño
Vestido, José Paulino
Bolsa, Feirinha 
Rasteirinha, Vizzano

Claramente que ao final do espetáculo, tirei uns segundos antes de o ônibus nos buscar para fazer um "momentito look del día" no backdrop da casa de show. Reparem na finésse da pessoa, de rasteirinha. hahahaha Enfim, bolhas acontecem. Principalmente no verão! ;)

[... continua ;)]


Leia também

10 comentários:

  1. ah que delicia, já estive em BA, uma cidade bem gostosa! e eu fui nesse msm tango que vc, hehe. linda demais de vestido de poá e rasteira

    www.tofucolorido.blogspot.com
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Sonho de voltar pra lá direeeeto Nati! rs <3

      Beijinhos!

      Excluir
  3. Com certeza uma das minhas próximas viagem...rs

    Beijooos
    @natirios_blogidfashion
    @blog_idfashion
    https://blogidfashion.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super recomendo Nati! Depois me conte como foi hein? : )

      Beijinhos!

      Excluir
  4. Nossa, q mara esse diário de bordo Camila!!! Lugar maravilhoso, tenho muita vontade de conhecer...

    Beijito
    ondondeacinderelaperdeuoscarpin.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Camiii que demais esse seu passeio. Eu sou apaixonada por tango, deve ter sido ótimo.

    Beijinhos, fica com Deus

    http://eaebonita.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi maravilhoso xará! Recomendo a todos! <3

      Beijinhos!

      Excluir