Eu não sei se é o inferno astral ou o que mas, ando numa fase zero criativa com os looks. Apenas repetindo clássicos que eu já sei que funcionam. Já aconteceu com vocês? 
Pois é, comigo tá assim: nhé. : /

Blusa, Rubinella; Saia, Marisa; Sapatilha, C&A
Camiseta, Marisa; Jeans, Ellus; Alpargatas, Bottero
Vestido, Renner; Sapatilha, Vizzano
Vestido, Marisa; Sapatilha, Vizzano
Vestido, Collins; Sapatos, Santa Lolla


Uma das coisas mais legais do fim do ano são as inúmeras novidades e belezas que chegam às lojas quando ele se aproxima. Há alguns dias estive com o pessoal de Lancôme Brasil e Regis Sodré (o NMA deles aqui no Brasil) para me inspirar em makes de festa para o fim do ano. Nesse mesmo dia, conheci pessoalmente a coleção dos Shine Lovers, recentemente lançada por Lancôme aqui no Brasil.


O Shine Lover vem em 10 tons dos mais rosados aos vermelhos, passando pelos beges e tons mais carmim. A ideia principal da linha é realçar a cor natural dos lábios femininos e para isso, a marca desenvolveu uma pesquisa com mais de 2.000 mulheres para chegar em 10 tons que se adequem à pele da mulhereda 'around the world'. A pegada é ser algo entre um hidratante e um gloss, só pra dar brilho e saúde para a make, reavivando o que se tem de melhor. 

São 8 horas de duração prometidas. Outro ponto importante é o poder de hidratação do Shine Lover: graças ao ácido hialurônico na sua fórmula. 


Da esquerda para direita: 212, 314, 124, 323, 346, 340, 357, 120, 136


O que eu achei? Bom, eu passei por volta das 14h e ele durou bem até mais ou menos 19h. Depois precisei dar um retoquezinho mas, há que se considerar o fato de que eu como o tempo todo, tá? 
Sobre a textura? Adorei. Desliza super bem nos lábios e lembra muito um balm. Só ainda não acostumei com a cobertura glossy mais translúcida que exatamente é a proposta dessa (e até de outras que já falamos aqui) vez. A única coisa que eu acho que faltou foram nomes legais para os batons. Esse lance de número é muito ruim para indicar para as amigas, por exemplo! >.< 

O preço sugerido é R$ 154 e já está à venda online e nas lojas da Sephora aqui no Brasil! 

O povo do DevianArt ousou mais uma vez e fez ilustrações de como seriam alguns casais Disney dentro das páginas de Cinquenta Tons de Cinza. Achei artístico mas, confesso que algumas delas me chocaram. Engraçado como algumas princesas a gente tende a achar que são 'mais imaculadas' que outras, não? É loucura minha ou vocês também pensam assim? : P



A Impala está lançando nesse mês de novembro uma mini-coleção para entrar na temporada de verão. A Glamour, nome dado à coleção, tem 3 tons de esmaltes com acabamento cromo: prata, rosé e dourado. A inspiração foi a sintonia da arquitetura urbana com a moda.


O acabamento forte é super bom e cobre direitinho com apenas uma pincelada; e os três são de longa duração, o que eu acho MARAvilhoso! A ideia é abusar das cores não apenas do modo tradicional mas também investindo em geometrias e nail arts. 
Quem se aventura? 

- Acabamento Apple, a gente vê por aqui! : P
Aconteceu ontem à noite o American Music Awards 2015 e eu fiquei impressionada com algumas belezas, no nível quero fazer coisas nesse caminho! Então, nada como compartilhar aqui essas inspirações, aproveitando a onda da leveza que casa lindamente com o nosso verão que chega em breve! :)

p.s.: também já salvando inspirações para as férias, e vocês? <3

Hailee Steinfeld
Ashley Benson
Kendall Jenner
I wish you bluebirds in the spring
To give your heart a song to sing
And then a kiss, but more than this
I wish you love...

Camiseta, OX; Saia, Marisa; Sapatilha, Satinato

Fiquei tão triste quando vi que as fotos não ficaram com a qualidade boa mas, aí pensei: isso aqui é um diário né? E dias ruins acontecem. Então, aqui estou. E qual é, com certeza, a melhor receita para dias ruins? Respirar e deixar passar. Porque passa. E as flores e a cantoria voltam, pode ter certeza! Mas, falando do look: eu tava doida por algo temático, como vocês bem sabem que eu adoro. E com as tristezas dos últimos dias, eu só conseguia pensar em bleu, blanc et rouge!
Essa saia é uma aquisição nova, que encontrei na arara de última oportunidade da Marisa no fim de semana, e foi o que norteou todo o restante do look. Eu já tinha provado o modelo anteriormente e tinha gostado, mas por algum motivo, tinha desistido da compra. Quando a reencontrei no fim de semana, não consegui resistir e trouxe pra morar aqui no meu armário. Ela é mais estruturada, tem 3 pregas na frente e 3 atrás e um tecido mais grossinho e que não amassa. Achei a cara do verão mas, também dá pra usar o ano todo, sem nenhum problema! Look simplinho para encarar a semana corrida de feriado. :)

... I wish you shelter from the storm
And a cozy fire to keep you warm
And most of all, when snowflakes fall
I wish you love.

Mademoiselle Paris

Ando quieta, querendo sossego. Ando pensativa, querendo refletir. Ando à esmo, na cidade. E percebo mais uma vez, que ando, Porque parar, me dá urticária. Porque gosto do movimento, gosto de ver as coisas tomando seu rumo, gosto de lembrar que o mundo gira, mesmo que eu pare. E foi nesse caos de pensamentos e emoções que decidi pelo Eletrizando para começar essa semana de feriado aqui em São Paulo. De que outra forma, senão elétrica, sobreviveria com tudo o que tenho a fazer? <3 

A cobertura é maravilhosa, o acabamento belo. E como a maioria dos esmaltes dessa coleção, precisou de duas camadas para chegar nesse tom vibrante. Secagem? Super rápida. Durabilidade? Uma semana cheia com louvor, é o mínimo que espero! Vejamos..... 
Sim, eu nunca escondi de ninguém o quão apaixonada pelos clássicos Disney eu sou. Bem, há algum tempo que já namoro os lindíssimos Pops da Funko, que tem uma coleção especialmente voltada ao encantado mundo da Disney.

"Funko é uma marca de cultura pop americana que atualmente conta com mais de 150 licenças, não só da Disney mas como Sanrio, NBA, etc." 
E de todas as opções que existem, eu escolhi 12 que eu quero MUITO ter, como coleção. Os outros que vierem, é lucro. Mas esses eu vô procurar porque, cada um do seu jeito, falam muito comigo e com as coisas que eu mais gosto. <3 São eles:


E pra me desafiar, vou descrever em uma palavra o que cada personagem me diz: 

- Jasmine: Liberdade
- Malévola: Força
- Sininho: Lealdade
- Ariel: Coragem
- Alice: Loucura
- Aurora:
- Timão e Pumba: Amizade e Diversão
- Bela: Foco
- Fera: Vaidade
- Sr. Friederitzen: Amor
- Tristeza: Aceitação

- Declaro a caça aos personagens iniciada! <3
Jóias são eternas. Não lembro ao certo quando foi a primeira vez que ouvi isso mas, fato é que gravei essa informação em mim e, mais tarde quando ganhei a primeira, entendi. E a marca dessa primeira? Vivara. A marca sempre esteve presente na minha família como sinônimo de boas peças, com preço mais acessível do que outros e design inovador e delicado, do jeito que a mulherada daqui de casa, gosta. E, pra mim, joia e momentos especiais são companheiros inseparáveis. E tem momento mais especial no ano que o natal? <3


Há duas semanas estive em um happy hour super gostoso da marca para conhecer as peças da coleção que estará disponível para o Natal e olha..... babei! Fora que o rosto publicitário deles é ninguém menos que Gisele né amigos? Não dá para comparar! 


Difícil demais é escolher o que mais se gosta em meio à tantas peças lindas mas, consegui elencar meus favoritos! \o/ Já pode ficar como a primeira dica pré-aniversário e natal? : P
1 - Prata, topázio e espinélios R$4.290,00
2 - Ouro amarelo, quartzo negro e diamantes (preço sob consulta)
3, 4, 5 e 6 - Ouro amarelo com diamantes (preço sob consulta) 

- Jewelry are girl's best friend! ;) 

Oie!!! Entre os muitos lugares que eu quero conhecer no mundo, Barcelona estava no topo da lista. Mês passado pude realizar (mais esse) sonho e, mesmo com as expectativas super altas, me surpreendi. A cidade é linda em todos os sentidos: arquitetura, pessoas, paisagens… Tudo é encantador! Mas uma coisa especial me atraía para Barcelona: Gaudí


O arquiteto é conhecido por suas obras com formas orgânicas, inspiradas na natureza e com linhas super diferentes! Para começar essa série de posts sobre a Barcelona de Gaudí aqui no Mademoiselle, nada melhor que a obra mais conhecida do arquiteto: Sagrada Família. 


A igreja, que não está terminada, é realmente impressionante! Por fora, por conta das suas torres e fachadas super diferentes uma das outras. Por dentro, por lembrar uma floresta e não ter nenhum santo. Sim, é uma igreja sem santos por dentro, diferente de absolutamente tudo o que eu já vi! Para quem quiser ver mais Gaudí, fiz vários vídeos da minha viagem por Barcelona, é só clicar aqui

Beijos, Luli - www.trendtips.com.br
Mademoiselle Paris

Esse esmalte, tem história! Quando conheci essa nova coleção da Giovana Antonelli me apaixonei nesse tom logo de cara. Um nude cintilante, LINDO, como não amar? Para minha tristeza, a embalagem desse esmalte no meu kit veio quebrada e não consegui salvar o esmalte. Logo na sequência, rolou a Beauty Fair e eu fui no stand da Ikesaki para aproveitar e já comprar essa belezinha. E essa belezinha acabou me saindo pelo módico valor de 15 reais e alguns centavos pra me fazer aprender a nunca mais tentar fazer compras por lá. A feira sempre me dá algum prejuízo e esse ano, foi nesse stand que me cobrou triplicado o valor de um esmalte. Injustiça que infelizmente não consegui desfazer mas, ok. Aprendi. Não pretendo me estressar mais com isso. Mas, como sou passional, resolvi esperar para usar o esmalte afim de não transferir a raiva do ocorrido para ele. E essa semana, achei que estava na hora de estrear o "Estilizando", finalmente. 
E sim, a cor é linda, a cobertura é ótima, a secagem é rápida. Já fazem 5 dias com ele e ele se mantém aqui, lindo! Estou apaixonada por ele e vai virar um queridinho, com certeza. Acho que valeu todo o perrengue que passei por ele. É, valeu. :)
Tenho que confessar que o que eu mais curto no verão são as diversas releituras navy que as marcas fazem. Eu adoro mais ainda porque se me deixassem, eu passava a vida viajando de navio, então, é bom saber que junto com as altas temperaturas, as embarcações chegam em nossas águas nessa época. Mesmo quando não tenho nenhuma viagem marcada, só o fato de saber que a temporada de cruzeiros e praia se aproxima me inspira! :) E uma das marcas que eu mais adoro ver criando nesse contexto, é a Maria Filó. Eles tem o dom de me tocar mais fundo. Não sei explicar, apenas sinto! <3 

A coleção da vez da marca, é uma cápsula intitulada Enseada e vem com foco em saias e shorts. Tudo com prints, babados e o colorido que a estação pede. 


- Vem, verão! 
Vestido, Renner | Sapatilha, C&A | Cabelo, Leo Prenda e Celso Faria

Ela já perdeu tudo
e ganhou a liberdade do nada
Muitas vezes ela ficou sem chão
e foi assim que aprendeu a voar
Cansou de jogar conversa fora
agora joga dentro de si as boas palavras
Sobreviveu a escuridão 
com a luz de um poema
que estava esquecido, no bolso do coração
Ela desistiu de resistir e sobreviver
Renasceu. 
(Zack Magiezi)
Há uma quebra na história familiar onde as idades se acumulam e se sobrepõem e a ordem natural não tem sentido: é quando o filho se torna pai de seu pai
É quando o pai envelhece e começa a trotear como se estivesse dentro de uma névoa. Lento, devagar, impreciso. É quando aquele pai que segurava com força nossa mão já não tem como se levantar sozinho. É quando aquele pai, outrora firme e intransponível, enfraquece de vez e demora o dobro da respiração para sair de seu lugar. 
É quando aquele pai, que antigamente mandava e ordenava, hoje só suspira, só geme, só procura onde é a porta e onde é a janela – tudo é corredor, tudo é longe. É quando aquele pai, antes disposto e trabalhador, fracassa ao tirar sua própria roupa e não lembrará de seus remédios. 
E nós, como filhos, não faremos outra coisa senão trocar de papel e aceitar que somos responsáveis por aquela vida. Aquela vida que nos gerou depende de nossa vida para morrer em paz. Todo filho é pai da morte de seu pai. Ou, quem sabe, a velhice do pai e da mãe seja curiosamente nossa última gravidez. Nosso último ensinamento. Fase para devolver os cuidados que nos foram confiados ao longo de décadas, de retribuir o amor com a amizade da escolta. 
E assim como mudamos a casa para atender nossos bebês, tapando tomadas e colocando cercadinhos, vamos alterar a rotina dos móveis para criar os nossos pais. 
Uma das primeiras transformações acontece no banheiro. Seremos pais de nossos pais na hora de pôr uma barra no box do chuveiro. A barra é emblemática. A barra é simbólica. A barra é inaugurar um cotovelo das águas. Porque o chuveiro, simples e refrescante, agora é um temporal para os pés idosos de nossos protetores. Não podemos abandoná-los em nenhum momento, inventaremos nossos braços nas paredes. 
A casa de quem cuida dos pais tem braços dos filhos pelas paredes. Nossos braços estarão espalhados, sob a forma de corrimões. Pois envelhecer é andar de mãos dadas com os objetos, envelhecer é subir escada mesmo sem degraus. 
Seremos estranhos em nossa residência. Observaremos cada detalhe com pavor e desconhecimento, com dúvida e preocupação. Seremos arquitetos, decoradores, engenheiros frustrados. Como não previmos que os pais adoecem e precisariam da gente? Nos arrependeremos dos sofás, das estátuas e do acesso caracol, nos arrependeremos de cada obstáculo e tapete. 
E feliz do filho que é pai de seu pai antes da morte, e triste do filho que aparece somente no enterro e não se despede um pouco por dia. 
Meu amigo José Klein acompanhou o pai até seus derradeiros minutos. No hospital, a enfermeira fazia a manobra da cama para a maca, buscando repor os lençóis, quando Zé gritou de sua cadeira: 

– Deixa que eu ajudo. 

Reuniu suas forças e pegou pela primeira vez seu pai no colo. Colocou o rosto de seu pai contra seu peito. Ajeitou em seus ombros o pai consumido pelo câncer: pequeno, enrugado, frágil, tremendo. Ficou segurando um bom tempo, um tempo equivalente à sua infância, um tempo equivalente à sua adolescência, um bom tempo, um tempo interminável. Embalou o pai de um lado para o outro. Aninhou o pai. Acalmou o pai. E apenas dizia, sussurrado: 

– Estou aqui, estou aqui, pai! 

O que um pai quer apenas ouvir no fim de sua vida é que seu filho está ali.

Fabrício Carpinejar


..... em memória dos 7 anos que disse pela última vez "estou aqui, Pai".