A mulherada pode até não admitir, mas, o hobby de muitas de nós nesses tempos modernos é entrar em lojas online, fazer aquele carrinho recheado de desejos e depois acabar desistindo da compra megalomaníaca. Eu já perdi as contas de quantas e quantas vezes me peguei nessa situação. O problema é aquele choque de realidade que você tem quando vai ver quanto aquilo tudo somado vai custar. Mas e se na hora que você olhasse seu carrinho percebesse que ganhou um super desconto?

O mundo seria mais lindo! <3


Então, vamos direto ao assunto: a Sephora fez uma seleção de queridinhos da estação e nesse fim de semana essa listinha nada básica de exclusividades de lá está com 15% de desconto! São marcas como Urban Decay, Nars, Guerlain, Caudalie, Laura Mercier, Hourglass, Marc Jacobs... Deu pra sentir o drama, né? A promoção é válida nas lojas físicas da Sephora, nesse fim de semana (24 e 25 de setembro). Como eu sempre tenho uma wishlist feita, fui conferir se meus queridinhos estavam na lista de promo e..... achei muita coisa lá! E como sei que vocês curtem isso de listinha de desejos (porque afinal, ninguém tem tudo meeeeeesmo nessa vida né gente, risos) tá aqui meus favoritados. ;)

Mademoiselle Paris


Agora, olha a sacolinha virtual e quanto você economiza indo na loja esse fim de semana....


Ah Primavera, obrigada por trazer flores e descontos em make! <3 
Eu, se pudesse, viveria de viajar e de contar histórias. Acho que por esse sonho intrínseco n'alma de conhecer todos os cantinhos desse mundo que eu puder, é que eu me pego quase todo dia fazendo buscas e pesquisas em sites de passagens e cias aéreas. 
O lance é que antes eu dividia meus achados só com um ou outro amigo. Até que, esse fim de semana, me peguei pensando porque não dividir isso com vocês, meus leitores queridos que sempre estão aí do outro lado da telinha para mim. Essa madrugada achei promoções bem interessantes, espero que ajude algum de vocês a planejar as próximas férias. :) 


Vamos começar pela Air France por motivos mais do que óbvios, ok? [risos
A cia está com promoções de passagens para quem efetuar a compra até 22/09. As datas de viagem vão de dezembro à março e tem muito destino legal, além de Paris! ;) 

http://goo.gl/Q65Yxc

A Decolar.com está com uma promoção bem bacana. Chama "2 por 1", onde você vai para 2 destinos pelo preço de um. As datas estão próximas mas, se você estiver planejando férias acho que vai gostar!

http://goo.gl/L4c67K

Simulei esse de Amsterdã + Paris aqui ó: 


E também esse, de Cartagena + St Andrés:


A KLM está com uma promoção chamada Dream Sales - com saídas do RJ e de SP para vários destinos na Europa: 

http://goo.gl/1G8ox2

Depois dessa, se você for como eu, acho que já está fazendo as continhas e falando com a chefia para ver se rola já marcar a data de embarque, né? :) Eu tô aqui que queria fazer umas várias dessas viagens promocionais aí!

- Cadê eu ganhando na loteria para poder viver de viajar? 
Bom, vira e mexe eu tô lá no salão cortando franja e quem acompanha aqui a mais tempo sabe disso. Inclusive, graças às memórias do Facebook percebi que geralmente, corto a franja em meados de agosto/setembro. Criei um padrão sem nem saber. Eita! [risos] 
É engraçado perceber que enjoo do cabelo sempre nas mesmas épocas. Vou tentar me policiar para pensar em meios de quebrar essa rotina. Mas, vamos aos fatos: eu cortei a franja. E se você me segue no instagram (segue lá pow! mademoiselleparis) você deve ter visto: 


Porém, percebi que não era apenas a minha franja. A franja está voltando às cabeças e atingindo as mais diferentes texturas de cabelo de maneiras lindas! Nada é desculpa (a não ser, é claro, sua própria vontade) para não cortar uma franja nessa primavera. Dá uma olhada: 


  • Cacheada


Alô anos 80! Que delícia esse penteado de volta! <3 Então, não tem nada que eu ache mais lindo que um cabelo cacheado bem tratado. E para as lindas que tem esse cabelo e curtem um desafio volumoso, esse corte fica de dica. O segredo, segundo Celso Kamura, é a tesoura nos fios secos para garantir o comprimento perfeito. Assim como um bom leave-in para manter os cachos bem definidos. 


  • Rockstar


Se for seu primeiro corte de franja, que tal começar com um franjão? É mais democrático e versátil, podendo ser ajeitado de várias formas. Além de ser super moderno! Você só precisa de um minuto no secador para deixa-lo ok e boom! Pronta para arrasar! :) P.s.: para ficar ainda mais moderno, abuse na textura messy abusando de algumas borrifadas de spray de brilho. 


  • Chanel 


Eu queria muito esse corte. Queria REAL. Mas no meu perfil de rosto, não fica bom. Talvez um dia eu aperte o "foda-se" para isso e faça mas, enquanto a coragem não vem, eu só admiro. Acho lindo, acho elegante, acho prático.  A franja é cortada na altura dos olhos e com generoso volume de fios. O segredo é ajeitar bem tudinho para não ficar nenhum fiozinho fora do lugar. 


  • À Francesa

Fotos: Alex Batista

A franja do meu momento. E eu, antes de cortar, nem sabia desse nome tá? Eu juro! Essa franja é perfeita para quem tem cabelo liso e ondulado. Ela é cortada na altura da sobrancelha (ou um pouquinho abaixo) e pode ser usada de várias formas mas, a mais moderna é a dividida ao meio pois aí já entra a pegada 70's que tá tão presente nas passarelas desse ano. : )

*As dicas todas de cabelo desse post são do Celso Kamura e os pitacos, são meus. 


- E aí, qual sua franja dos sonhos?
Ontem, depois de um corrido e muito lotado de afazeres, fui até o Spa Caudalie (no Shopping Higienópolis) para cuidar um ~bucadim mais~ da pele. Sempre bom ter alguém te apresentando produtos novos e cuidando da sua pele. Eu acho. :) 
Fui atendida pela gerente, Cintia, que foi me apresentando os produtos passo a passo e também os aplicou em mim. O processo todo levou cerca de 40 minutos: super rápido! Mas relaxante o bastante para desejar um teletransporte imediato para minha cama. 

Mademoiselle Paris

Cintia começou limpando minha pele com a mousse de limpeza. Logo após terminar de limpar minha pele, abusamos da Água de Uva - que tem poderes neutralizadores na pele para deixar tudo pronto para o detox. Na sequência, um dos meus queridinhos do portfólio Caudalie - a Eau de Beauté - foi borrifada levemente sob meu rosto. E um pouquinho na nuca (o que é um truque maravilhoso no quesito relaxamento).
Depois disso, ela aplicou ao redor dos olhos uma máscara hidratante (da foto aí embaixo) e no restante do rosto, uma máscara detox. A máscara precisa agir por mais ou menos 15 minutos e durante nossa espera, provei o óleo divino (bom para corpo, cabelos e até para o rosto - segundo Cintia, rola até usá-lo como demaquilante para a área dos olhos) e o creme para as mãos. Ganhei massagem nas mãos e, um ~bucadim~ nos braços também. O óleo divino que ela estava usando era realmente divino. Afinal, um óleo que não deixa textura pesada na pele merece minha admiração. Arrasou Caudalie!


Mademoiselle Paris


Para tirar a máscara do meu rosto, Cintia usou e abusou de algodão e água de uva. A pele já estava visivelmente mudada mas, foi no toque que percebi poder das duas máscaras em conjunto. Na sequência, ela passou um óleo delicioso nas mãos e espalhando pelo rosto, me fez uma leve massagem. Depois, aplicou o fluído para olhos e finalizou com o creme hidratante, pois eu ainda ia ficar um pouco no shopping e precisava proteger todo nosso trabalho anterior. 

O toque da minha pele quando cheguei em casa era inacreditável. Como uma simples máscara com massagem muda o dia, não? Salvou o meu. 

Merci, Cintia. :)
Se você é que nem eu - um sonhador incurável - provavelmente gosta de ver filmes que te inspirem. Pois é. Como é sabido, sonhar com Paris é um dos meus hobbies prediletos e o faço tão bem que vira e mexe faço um bate e volta na cidade luz em sonho de verdade. Hoje foi um desses dias em que xinguei o despertador mais do que o normal. Pois é, ele não somente me tirou do sono. Ele me tirou do sonho. E no sonho eu caminhava por uma Paris outonal deliciosa e radiante. Então, pra que vocês entrem nesse clima delicioso comigo, resolvi listar aqui alguns dos filmes que adoro assistir para um teletransporte rápido.


  • Antes do Por do Sol

Segundo filme da trilogia, se passa 9 anos depois do primeiro título. Jesse e Celine se reencontram em Paris e .... passam algum tempo caminhando juntos pela cidade, conversando e tentando entender o que aconteceu com cada um deles nesse tempo afastados.


  • Piaf, um Hino ao Amor

Antes de conhecer sua história, eu já gostava de sua música. Pode-se dizer que meu coração dramático se identificava com a alma que Piaf colocava em suas músicas. Sei lá, pode soar estranho mas sinto como se a tivesse conhecido em alguma outra vida. Pois bem, divagações à parte: sua história é digna de livro, filme e tudo mais que possa ser feito. Só pra dar uma ideia, caso você não faça a mínima: ela ficou cega aos 3 anos e, aos 7 voltou a enxergar milagrosamente. Depois, aos 15, foi abandonada nas ruas de Paris por um pai alcoólatra. E ao ser descoberta por um dono de boate sua vida deveria ficar fácil mas, não. Enfim, se você é adepto de um drama da vida real e quer ver a Paris do início do século passado, Piaf é pra você!


  • Ratatouille

O que dizer desse amorzinho em forma de desenho? Poxa, Disney, você se supera a cada dia. <3 Ratatouille conta a história de Remy, um rato parisiense que sonha em ser um grande chef de cozinha.  Um belo dia conhece Linguini, um desastrado assistente de cozinha sem o menor talento aparente mas, com um coração aberto à essa nova amizade. O filme dá vontade de ir para Paris sim, mas também dá muita fome. Assista munido de comidinhas gostosas para sofrer menos. [risos]


  • Meia Noite em Paris

Estar em Paris faz com que Gil, nosso personagem principal nessa trama, repense os rumos de sua vida. E entre idas e vindas, ressuscitar seu sonho de ser um grande escritor. E não é sobre isso que tudo se trata? De realizar sonhos? 


  • Cinderela em Paris 

Como não suspirar pensando nesse filme? Se você não viu, recomendo fortemente que corra agorinha para dar o play. Na volta você continua lendo essa lista, combinado? ;) 
Dick Avery, aka Fred Astaire, é um famoso fotógrafo de moda de uma conceituada revista feminina. Em sua frenética busca por uma 'new face' ele encontra Jo, uma balconista de livraria. Depois de alguns contratempos ela é aceita como modelo e vai para Paris, onde será fotografado o editorial. O detalhe da trama é que Jo só aceita ir para encontrar Emile Flostre, um intelectual de quem é fã voraz. Mas como em toda boa trama (e também na vida, né amigos), ao chegar as coisas não saem exatamente como o esperado. 


  • Coco, Antes de Chanel

Se a história de um dos maiores ícones de moda mundial por si só não te instiga a ver esse filme, vou dar uma prévia: Gabrielle é abandonada com a irmã em um orfanato quando ainda são crianças. Quando cresce se divide entre costurar bainhas e cantar em um cabaré. Até que ela recebe apoio de Balsan, que vira seu protetor. Porém, ela se recusa a ser a esposa de alguém como sentido de vida e isso acaba fazer com que ela venha a revolucionar a moda, costurando para si, roupas de homem, abolindo assim os espartilhos e adereços de época. 


  • Julie & Julia

Da série filmes que dão fome. Já aviso. Inspirado no livro de título homônimo, o filme se passa em dois tempos diferentes: um deles, 1948, onde Julia Child se muda para Paris com o marido. O outro, 50 anos depois, quando Julie Powell se aventura em um desafio de receitas fazendo de Julia Child sua mentora de vida. A narrativa é deliciosa e vai te dar vontade de fazer compras em feiras de Paris para cozinhar. 


  • O Último Tango em Paris

Os personagens se conhecem de maneira inusitada, quando a esposa dele acaba de cometer suicídio. O desejo latente faz com que se tornem amantes mas, prometem um ao outro não revelar nada de suas vidas para que seus encontros sejam casuais e apenas para sexo. O problema é que o destino parece não querer cooperar com essa ideia.... 


  • Moulin Rouge

Ah mas é óbvio que eu tinha que terminar essa lista com um musical, não é mesmo? =) Moulin Rouge é daqueles filmes que eu assisto com uma caixa de lenços de um lado e o pote de brigadeiro do outro. Pernas cobertas no sofá. Preferencialmente sozinha. Aí posso cantar junto todas as músicas sem interrupções ou chateações. Sou apenas eu, Christian e Satine. <3 Ah sim, por falar neles: Christian é um escritor com dote de poeta que enfrenta o próprio pai se mudando para o boêmio e inspirador bairro de Montmartre. Lá ele é levado à vida social local - que gira basicamente em torno do Moulin Rouge - por um amigo. E isso inclui sexo, drogas, muita adrenalina e dançarinas de can-can. Em uma noite de visita ao local, ele conhece Satine, a mais bela cortesã de Paris e a estrela do Moulin Rouge. 


- Agora é só aproveitar que o fim de semana está logo ali e programar uma maratona de sofá! ;)
SalvarSalvar
É estranho dizer isso em meio à dias tão corridos mas, eu fiquei feliz quando me dei conta de que tinha uma 'rotina' de cuidados com a pele. Bem, não me entendam mal. Eu sempre limpei super bem a pele por conta do teatro mas, em geral esse era meu maior cuidado com a pele até os 23 anos. Eu limpava tudo direitinho para poder reaplicar a maquiagem assim que necessário. Nada de tônicos, hidratantes e afins. Até que um dia, comecei a passar um tônico meio que sem querer. Real: não lembro o que motivou naquela compra. Só sei que quando dei por mim estava com o tal do tônico no dia a dia. Mas bem, tônico não é rotina Camilla. É, não é mesmo. Mas foi como eu iniciei a minha.

Um tônico. Depois um sabonete em pedra. Então, um belo inverno, ouvi dizer que um tal creme baratinho da farmácia fazia milagres. Fui lá, comprei. Comecei a passar no rosto mas, sem obrigações. Sempre que eu lembrava dele. Essa era a regra.

Até que um dia, comecei a me irritar com as olheiras e com a eterna dependência do corretivo. E resolvi procurar um produto que me ajudasse a cuidar do problema ao invés de mascará-lo. Poxa, eu era novinha, tinha menos de 25. Não era justo viver com corretivo pesado sem nem tentar solucionar as coisas né? E foi assim que começaram minhas visitas à farmácia em busca de um produto bom, eficiente e (se possível fosse), barato. Mas infelizmente eu ainda tinha um obstáculo: o medo de passar produtos assim no rosto. Vai que dá alguma reação? Que medo!

Pois é! Achei alguns produtos, ganhei outros. E esses primeiros produtos passaram da validade no meu armário pois sempre que eu pegava na mão me dava medo de usar. Sim, medo. Eu sempre tive MUITO medo de passar produtos no rosto. Poxa, química né? Não podia ser tudo de bom sem riscos. E, até eu entender minimamente bem sobre aquilo, decidi que não mexeria com isso. E fui conversando com pessoas, médicos, especialistas de marcas que eu achava serem boas e até conhecendo gente de marcas que eu não tinha a menor referência.

Nisso, se passaram uns 3 anos. Sim, tudo isso. Ou só isso. Depende mesmo do seu ponto de vista, leitor. :) O fato é que em meados de 2014, comecei timidamente uma rotina: sabonete específico para o rosto, tônico, creme hidratante e protetor solar. Tá, o protetor era o maior desafio. E vira e mexe, eu parava no hidratante. Foi então que comecei a procurar hidratantes mais potentes e que contassem com proteção solar, para me livrar do peso de sempre esquecer o protetor.  E enquanto estava nessa busca, conheci o Rénergie. Um hidratante anti-idade de Lancôme que não era nada do que eu estava procurando e acabou sendo tudo pra mim por mais de um ano - e continua sendo, como contei nesse post aqui. Sim, por mais de um ano eu usei o Rénergie de manhã e também a noite, de tão maravilhoso que ele é. E porque eu estou aqui falando tudo isso? Porque foi aí que eu entendi que ter uma rotina com várias etapas é um planejamento que demanda atenção pois os produtos tem que se encaixar ou vai tudo para o espaço. E não digo só em ordem de uso mas, em textura. A aderência de um produto na pele vai permitir ou não que você complete a rotina com mais uma camada de outro produto. Era por isso que eu não conseguia lidar com o protetor antes. A textura da pele já parecia boa, estava tão úmida que não me deixava à vontade de aplicar uma nova camada, dessa vez de protetor solar.

E não estou aqui dizendo que você precisa usar todos os produtos da rotina de uma marca apenas. Você pode muito bem misturar. Mas saber o que combina e rola ser usado junto é praticamente uma alquimia. 3 anos depois, eu ainda erro a mão vez ou outra na mistura. Ganhei alguns queridinhos que não saem da minha cabeceira e que não tenho mais dó de investir meu dinheiro quando acabam. Afinal, demorei tantos anos estudando e entendendo o que fazia bem para o meu rosto. Não foi apenas para saber e não aplicar, né? =)

..... continua! 
(no próximo texto, a tão falada, rotina!)

Aquele em comecei a cuidar da pele... e gostei! - goo.gl/AiV6HF
Confesso que eu era do time que achava que certos produtos, muito caros, eram mais marketing do que outra coisa. Confesso que mudei radicalmente de opinião há pouco mais de um ano, quando conheci a Lancôme de pertinho. Assim, quando ela chegou no meu dia a dia. E como ela veio? Ela veio em forma de creme anti-envelhecimento. E não estou falando de qualquer creme: estou falando do Rénergie - um creme que tem mais de 20 anos de mercado. 
Mas, os cientistas e pesquisadores da Lancôme não pararam no tempo, nesses 20 anos. E essa versão que chegou pra mim foi a Multi-Lift, que traz uma abordagem pioneira de pesquisa: o uso da biologia espacial para o desenvolvimento de um cosmético.  

Mademoiselle Paris

Lancôme criou uma tecnologia exclusiva de nome Up-Cohésion para Rénergie Multi-Lift, uma combinação de ingredientes ativos testados em condições extremas de microgravidade simulada através de uma parceria com o Professor Alain Colige (especialista em biologia espacial que conduz programas de pesquisa com a Agência Espacial Européia e a Agência Espacial Francesa). 

Foi claramente estabelecido e reconhecido que a pele perde a firmeza com a idade. Maaaaaaaas, a mais significativa perda de firmeza observada foi na pele dos astronautas. E por quê? Uma das várias alterações fisiopatológicas que o corpo humano sofre com a falta de gravidade é a desmineralização óssea ou atrofia muscular, o que leva ao envelhecimento acelerado.

Mademoiselle Paris

Aliando a tecnologia à uma super massagem de efeito lifting, simplesmente não tem como não se apaixonar por essa belezinha. Zoom na dica:

Mademoiselle Paris

Ele é encontrado em duas texturas: o Creme Légère é mais aerado e levinho. Super indicado para quem tem aflição de textura muito cremosa no rosto. E tem a textura Creme clássica, que é a que eu tenho e testei. Não fica oleosa, absorve super bem e super rápido. Mas o toque parece mais denso e você sente uma diferença palpável entre as duas texturas. 
Ah! E eu nem falei da fragrância ainda! A icônica e facilmente reconhecível fragrância de Rénergie é assinada por um perfumista renomado desde 1935 e se baseia em uma mistura delicada de harmonia da rosa simbólica de Lancôme com um buquê floral de peônia e íris. Suas notas de tangerina e pera adicionam ainda um delicioso frescor frutado.

Mademoiselle Paris

Ele custa R$499 na Sephora. Sim, não é barato. Mas ele dura viu? Dura muito! E depois que você começar a ver os efeitos na própria pele, sua relação de custo X benefício com ele vai mudar assim como mudou a minha. Ah! Informação importante: comigo ele já tá a mais de 6 meses e eu uso MUITO. Então se fizer as contas, acaba saindo um preço bem ok por mês. Alô turma da parcela, essa é pra vocês! =)

E não posso encerrar esse post sem agradecer os grandes incentivadores nessa minha saga de cuidar cada dia melhor da minha pele: o pessoal da Lancôme/Divisão de Luxo L'oréal. Merci!