Aquele em que passei a ter uma rotina de pele...

2 Comments
É estranho dizer isso em meio à dias tão corridos mas, eu fiquei feliz quando me dei conta de que tinha uma 'rotina' de cuidados com a pele. Bem, não me entendam mal. Eu sempre limpei super bem a pele por conta do teatro mas, em geral esse era meu maior cuidado com a pele até os 23 anos. Eu limpava tudo direitinho para poder reaplicar a maquiagem assim que necessário. Nada de tônicos, hidratantes e afins. Até que um dia, comecei a passar um tônico meio que sem querer. Real: não lembro o que motivou naquela compra. Só sei que quando dei por mim estava com o tal do tônico no dia a dia. Mas bem, tônico não é rotina Camilla. É, não é mesmo. Mas foi como eu iniciei a minha.

Um tônico. Depois um sabonete em pedra. Então, um belo inverno, ouvi dizer que um tal creme baratinho da farmácia fazia milagres. Fui lá, comprei. Comecei a passar no rosto mas, sem obrigações. Sempre que eu lembrava dele. Essa era a regra.

Até que um dia, comecei a me irritar com as olheiras e com a eterna dependência do corretivo. E resolvi procurar um produto que me ajudasse a cuidar do problema ao invés de mascará-lo. Poxa, eu era novinha, tinha menos de 25. Não era justo viver com corretivo pesado sem nem tentar solucionar as coisas né? E foi assim que começaram minhas visitas à farmácia em busca de um produto bom, eficiente e (se possível fosse), barato. Mas infelizmente eu ainda tinha um obstáculo: o medo de passar produtos assim no rosto. Vai que dá alguma reação? Que medo!

Pois é! Achei alguns produtos, ganhei outros. E esses primeiros produtos passaram da validade no meu armário pois sempre que eu pegava na mão me dava medo de usar. Sim, medo. Eu sempre tive MUITO medo de passar produtos no rosto. Poxa, química né? Não podia ser tudo de bom sem riscos. E, até eu entender minimamente bem sobre aquilo, decidi que não mexeria com isso. E fui conversando com pessoas, médicos, especialistas de marcas que eu achava serem boas e até conhecendo gente de marcas que eu não tinha a menor referência.

Nisso, se passaram uns 3 anos. Sim, tudo isso. Ou só isso. Depende mesmo do seu ponto de vista, leitor. :) O fato é que em meados de 2014, comecei timidamente uma rotina: sabonete específico para o rosto, tônico, creme hidratante e protetor solar. Tá, o protetor era o maior desafio. E vira e mexe, eu parava no hidratante. Foi então que comecei a procurar hidratantes mais potentes e que contassem com proteção solar, para me livrar do peso de sempre esquecer o protetor.  E enquanto estava nessa busca, conheci o Rénergie. Um hidratante anti-idade de Lancôme que não era nada do que eu estava procurando e acabou sendo tudo pra mim por mais de um ano - e continua sendo, como contei nesse post aqui. Sim, por mais de um ano eu usei o Rénergie de manhã e também a noite, de tão maravilhoso que ele é. E porque eu estou aqui falando tudo isso? Porque foi aí que eu entendi que ter uma rotina com várias etapas é um planejamento que demanda atenção pois os produtos tem que se encaixar ou vai tudo para o espaço. E não digo só em ordem de uso mas, em textura. A aderência de um produto na pele vai permitir ou não que você complete a rotina com mais uma camada de outro produto. Era por isso que eu não conseguia lidar com o protetor antes. A textura da pele já parecia boa, estava tão úmida que não me deixava à vontade de aplicar uma nova camada, dessa vez de protetor solar.

E não estou aqui dizendo que você precisa usar todos os produtos da rotina de uma marca apenas. Você pode muito bem misturar. Mas saber o que combina e rola ser usado junto é praticamente uma alquimia. 3 anos depois, eu ainda erro a mão vez ou outra na mistura. Ganhei alguns queridinhos que não saem da minha cabeceira e que não tenho mais dó de investir meu dinheiro quando acabam. Afinal, demorei tantos anos estudando e entendendo o que fazia bem para o meu rosto. Não foi apenas para saber e não aplicar, né? =)

..... continua! 
(no próximo texto, a tão falada, rotina!)

Aquele em comecei a cuidar da pele... e gostei! - goo.gl/AiV6HF


Leia também

2 comentários:

  1. Oi, Camila!

    Acho importantíssimo ter uma rotina de pele!
    Eu ainda estou na busca da minha rotina perfeita. Leva mesmo tempo, né?
    Também tenho muito problema com olheiras, então foi esperar pra saber quais são os seu queridinhos!

    Beijos, Ana do dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana! =)

      É importantíssimo sim! E quanto antes entendermos e disseminarmos isso melhor né? Eu acho um assunto mega importante e por isso quis fazer esse especial por aqui! Fica de olho que logo logo entra o próximo post!

      Beijos!

      Excluir