10 lugares para comer em Paris

2 Comments
Como já contei aqui, vim à França para estudar francês e moda, coisas que sempre foram um sonho para mim. Dito isso, acho que fica meio claro que, tendo eu voltado à condição de estudante, minha verba de gastos ficou um pouco reduzida. Normal né? Mas necessário já que quero tanto poder fazer mais e mais viagens aqui pela Europa enquanto toco os estudos paralelamente. Minha rotina alimentar por aqui sofreu uma mudança esperada mas, basicamente se resume a: tomar um café da manhã bom, mesmo que muita vezes corrido por conta da aula, tomar muitos cafés ao longo do dia (muitos mesmo, como: 3 venti mochas a day!) e jantar razoavelmente cedo (aqui, tendo a jantar por volta de 7h enquanto no Brasil estava acostumada a jantar mais de 10h da noite todo dia) e super bem. Obviamente tem dias que saio dessa rotina mas, normalmente é assim que a banda toca ultimamente. Mas, mesmo sem sair tanto para comer como eu gostaria, conheci bons lugares nos últimos tempos e gostaria de deixar aqui como dica para quem estiver pensando em vir para a cidade-luz. :) Tome nota! 

- Salon de Thé

Mademoiselle Paris
10, Rue Lagrange - 75005 - Paris

Se você estiver pela região da Notre Dame e quiser algo reconfortante e delicioso para o café da manhã, aqui tem uma super dica: o Bertrand's - Salon de Thé. Localizado a uma quadra da catedral, ele tem dois ambientes: um funciona mais como uma padaria, onde você pode escolher seus quitutes, pagar e levar. O outro tem um balcão onde são feitos deliciosos e lindos cafés, algumas mesinhas e cadeiras. Não é gigante mas, aconchegante. Tem mesas do lado de fora também e bem, parisienses não se importam em sentar do lado de fora desde que com um bom café quente nas mãos. [risos]
Meu pedido apaixonante de lá é um clássico: croissant de manteiga com chocolate quente. Para mim, melhor lanchinho matinal que eu poderia fazer/indicar a alguém! 

- Le Relais de l'Hôtel de Ville

Mademoiselle Paris
50, Rue de Rivoli - 75004 - Paris

A primeira vez que me peguei desesperada por algo diferente e por sentar em um restaurante e curtir um almoço merecido eu andei muito, olhei mil e uma opções e quando pensei em desistir me vi em frente ao Relais e pensei: porque não? E que grata descoberta! Menu com preços super ok, serviço maravilhoso (bilingue para quem perguntar) e decoração francesa vintage. Muito amor. Escolhi logo de cara um tartar e posso de todo meu coração recomendar que vocês façam o mesmo ao conhecerem o Relais. Como na grande maioria dos lugares, a água é cortesia e o vinho é mais barato que pedir uma água com gás ou refrigerante. O cesto de pães também é cortesia da casa e a conta final deu algo em torno de 15 euros. Não deixem de conhecer o Relais, combinado?

- Creperie

Mademoiselle Paris

Crepes em Paris são mais fáceis de achar que areia no deserto. E meu Deus, como são deliciosos, gigantes e suprem as necessidades de um viajante que está rodando a cidade ou de um trabalhador sem muito tempo para um almoço tranquilo. Fato é que, para meu espanto, os crepes doces são mais baratos (alô crepe delícia de Nutella!) e os salgados, um pouquinho mais caros. A diferença geralmente fica em torno de 2 euros: enquanto o crepe doce custa a partir de 3 euros, o salgado geralmente começa em 5 euros. Mas olha: são grandes. Vale muito a pena. E acho bem mais gostosos que esses sanduíches gelados que turistas compram no Carrefour e no Monop Daily! [risos
Esse da foto eu comi em uma barraquinha de um árabe, de frente para a Torre Eiffel e ao lado do carrossel. Mas sério: vai ser difícil encontrar um crepe ruim em Paris. Believe me! 

- La Sirena Pizzeria

Mademoiselle Paris
73, Boulevard Saint-Germain - 75005 - Paris

Eu descobri o La Sirena por acaso, em um dia de TPM gritando, com algum tempo para almoçar. Super pertinho da minha amada Notre Dame também, pertinho do metrô Cluny e numa das avenidas mais legais do 5eme: o boulevard Saint-Germain. Mesmo sendo de esquina com uma praça linda, o La Sirena não chama muita atenção e o público do lugar é mais local e um bocadinho mais velho. Os garçons são gentis e o que eu achava que era uma pizza brotinho me surpreendeu por ser quase uma pizza inteira, tamanho normal, só pra mim. Pedi uma marguerita, que eu amo, e uma taça do vinho tinto da casa. A água aqui, também é cortesia. A conta? 15 euros. E minha TPM? Ficou agradecida e quietinha pelo resto do dia. :P

- Taverne Karlsbrau

Mademoiselle Paris
1, Rue de Lyon - 75012 - Paris

Uma das coisas mais legais da vida é encontrar amigos. Encontrar amigos para almoçar, ainda melhor. E se eles atravessaram o oceano, você multiplica o sentimento por 100. Quando Bruno esteve em Paris, nos encontramos para comer e ele queria muito comer Tartar. Como minha aula de moda aquele dia seria na região do Louvre, o levei no Taverne Karlsbrau (que eu também queria experimentar). Escolhemos ficar no terraço que conta com aquecedores e uma vista (bem, eu acho que a vista das ruas de Paris é sempre uma linda vista). Tão delicioso que gostaria que vocês pudessem provar a foto. Mais uma vez: comida deliciosa, vinho mais barato que água e conta em torno de 15 euros. Vale muito a pena se estiver no 12eme.

- Le Depart de Saint-Michel

Mademoiselle Paris
1, Place Saint-Michel - 75005 - Paris

Tá com fome?
Tô! 
Tá com frio? 
Tô! 
Tá com TPM? 
Tô!
Tá perto da Notre Dame? 
Tô! 

Se você respondeu 'tô' junto comigo para todas as perguntas anteriores o Depart de Saint-Michel é muito a sua opção de almoço. Sabe, não foi nada parisiense meu prato de lasagna bolonhesa. Mas é TPM, a gente não discute, só dá comfort food e espera passar. [risos] O mais legal daqui? É de frente para o Sena! E não é um abuso de caro como a grande maioria dos restaurantes em frente à esse rio maravilhoso. :P Minha conta aqui foi algo em torno de 18 euros e eu não aguentei comer tudo de tanta comida que veio. É, pois é. Vale a pena! 

- Loulou Friendly Diner

Mademoiselle Paris
90, Boulevard Saint-Germain - 75005 - Paris

Lá vem a louca do tartar de novo..... é, lá vem. Aceita que dói menos! :P 
Antes das minhas férias começarem, saí com as colegas da escola para almoçarmos pois cada uma voltaria pra sua terra natal nas férias e né, a gente já tinha ficado apegadas uma nas outras. O Loulou é um restaurante coloridérrimo, foférrimo e com garçons tão queridos que dá vontade de voltar lá todo dia. As batatas aqui tem um corte diferente mas olha: que delícia! <3 Mais uma vez a conta ficou em torno de 15 euros mas, dessa vez, sem vinho incluso. Só bebemos água mesmo! [risos] ;)

- Angelina

Mademoiselle Paris
226, Rue de Rivoli - 75001 - Paris

Tá, já dei muita dica de almoço. Mas e à tarde, quando bate aquele vento gelado? Pelo amor de Deus: Angelina! Vocês tem um zilhão de opções de cafés e bons lugares para tomar uma deliciosa bebida quente mas, chocolate quente como o do Angelina, não há! E eu sou sincera: é caro de doer. Mas vale cada micro centavo. Tem Angelina em 5 endereços espalhados por Paris e eu fui 2 vezes já no da Rue de Rivoli, para mim o mais bonito de todos. A fila, nesse caso, também compensa tá? 
Se você quiser apenas comprar algo na patisserie não precisa de fila. Entra, compra e vai embora rapidinho! Mas a experiência de sentar naquele salão de chá de 1900 e bolinha e se deliciar com um chocolate quente não é facilmente substituída não viu? Tão avisados! ;) 
Tá, mas quanto custa? A jarrinha de chocolate quente tradicional custa €8,20 e dá tranquilo 2 xícaras transbordando chocolate como essa da foto acima. Para acompanhar essa maravilha, os mil-folhas são de lamber os dedos e ajoelhar agradecendo a graça alcançada. 

- L'Entrecôte de Paris

Mademoiselle Paris
29, Rue de Marignan - 75008 - Paris

Eu sempre ouvi falar super bem do Entrecôte mas, sempre achei muito caro no Brasil e na falta de uma cia, acabei nunca indo lá. Corta para mim, em um belo domingo do fim do outono, melhorando de uma super gripe e meio deprê em casa. Querendo uma comida quentinha, um lugar bonito. Querendo me animar. Resolvi ir conhecer o bendito depois de ver na internet que 1) ele fica aberto todos os dias até 00h30 e 2) o menu formule (fórmula já pronta deles de entrada + prato principal) custava €19,50. Pois bem, coloquei minha boina e meu casaco e saí rumo à Champs Élysées. 
Cara, o restaurante fica super fácil de encontrar, quase na esquina da avenida e de frente para a Disney Store. É uma graça por dentro e tem garçons adoráveis e bilingües. Pedi o menu formule e aguardei. Salada de entrada: amei! Prato principal: senhora, a senhora pode repetir quantas vezes quiser a batata, ok? É só falar. 

(pausa dramática de surto de felicidade) 

Ok. Eu fiquei no restaurante me deliciando com tudo por volta de 2 horas. Um tempo ok para quem está acompanhado, comendo e conversando mas, eu estava curtindo minha própria companhia e a comida. E olha, as duas estavam tão boas que eu pagaria os 20 euros novamente por outro fim de tarde como aquele. Quero voltar lá muito em breve. Achei divino! E repetir batata é truque de mestre. #prontofalei

- Pizza Hut

Mademoiselle Paris
1, Rue des Innocents - 75001 - Paris

Isso não é dica de Paris mas é, ao mesmo tempo. [risos] Em geral, as pizzas daqui não são tão maravilhosas quanto a que estamos acostumados no Brasil. São Paulo faz pizzas incríveis, diga-se de passagem. Então, se tiver paúra de comida confortável, quentinha e com ares brazucas de gordice da boa a Pizza Hut é uma opção sensacional. E não é cara, como é no Brasil! :P A conta da pizza + vinho? 15 eurinhos para cada (essa eu dividi com o boy, a pizza é giga amigos). 

- Bon appétit! 


Leia também

2 comentários:

  1. Ah, que pena... estive em Paris no final de outubro passado e estas dicas teriam facilitado a minha vida! Deu vontade de voltar KKK

    bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pooooooxa Verônica! : / Já deixa anotadinho ou salva o link aqui pra próxima! ;)

      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir