Castelo Rá-Tim-Bum o Musical estreia em São Paulo

2 Comments

Na última semana tive o prazer e a oportunidade de estar na estreia do musical "O Castelo Rá-Tim-Bum" no Teatro Opus, aqui em São Paulo. Sou da geração que cresceu com o clássico da TV Cultura e suas aventuras então fiquei bem mais que feliz de estar ali, prestigiando esse momento e revivendo essa parte feliz da infância. Em cena, Nino, Doutor Victor, Tia Morgana e vários outros personagens icônicos (principalmente se você tem seus quase 30 e poucos) farão você sonhar. A história não tenta ser mais um capítulo do que era a série na TV e traz uma história com começo, meio e fim sobre o aniversário de 300 anos do Nino.

Aliás, peço licença para falar um pouco do Nino. Roberto Rocha, ator dos mais incríveis que já tive a honra de conhecer nesses caminhos da vida. Há tempos não o via em cena. Bota tempos nisso. Pelo que sei, estava focado em dublagens e outros trabalhos na área artística. Sentia muita falta. Como sentia. Tem gente que por mais que tenha outros tantos dons, vinga melhor e mais forte ali, no solo do palco. Beto (já me sentindo íntima), é desses. Um papel delicioso e cheio de riscos, já que prevejo uma plateia quase sempre recheada de pessoas que tem cada movimento e detalhe da turma do Castelo na cabeça. Beto trouxe o menino sonhador, inocente e ansioso que é o Nino. E em momento nenhum conflita com nossas memórias. Acrescenta. Ajuda a criar novas.

Preciso também falar das crianças: Biba, Pedro e Zequinha. Quanto amor!
Na plateia, próximo à mim, Luciano Amaral - o Pedro da TV. Em alguns momentos da peça, confesso que ficava observando sua reação. E o brilho no olhar dele não me dizia outra coisa que não "poxa, que demais ver essa história ainda viva". A escolha do elenco para cuidar desses personagens foi, assim como no caso do Nino, hiper acertada. Aliás, acho que posso dizer isso sobre todo o elenco - que está integrado e enraizado em cada detalhe para fazer com que a experiência de crianças e adultos seja única. Mas, voltando às crianças: confesso que minha miopia não me permitiu ver qual das duas intérpretes fazia a Biba no dia da estreia. Tampouco reconheci, o Zequinha. Explico: esses papeis contam com mais de um interprete e pasmem: muito parecidos entre si, ainda mais após a caracterização feita. De qualquer modo, queria deixar aqui meus suspiros e aplausos para eles. Em especial para o menino que brilhantemente revive o Zequinha. <3

O espetáculo fica em cartaz até 19/11/2017 no Teatro Opus, com sessões aos sábados e domingos às 11 e 16 horas. Os ingressos variam entre R$25 e R$120 e como você já deve ter notado, eu acho que vale muito a pena você, leitor querido, ir lá conferir. ;)


SalvarSalvar


Leia também

2 comentários:

  1. Oi Camilla
    Nossa, o musical deve ser maravilhosoooooo
    Que vontade!!!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O musical é lindo Fernanda! Vale muito ir! <3

      Beijinhos!

      Excluir