Entretenimento

7 Séries com mulheres fortes para te inspirar no Netflix

Desde que fiquei solteira confesso que tenho curtido muito mais (e demais) a minha própria companhia. E aumentei consideravelmente meu consumo do Netflix – como já era de se esperar.
Fato é que nesse Dia das Mulheres me peguei pensando sobre a quantidade incrível de conteúdo com mulheres fortes e inspiradoras que já encontrei na plataforma e resolvi usar esse post para listar algumas delas. E se você tiver alguma para indicar, leitor, vou ficar muito feliz em conferir. Basta deixar aqui nos comentários! 😉
  • Reign

É uma série de ficção histórica sobre a vida de Mary Stuart, Rainha da Escócia – e todo seu trajeto desde seu noivado com Príncipe Francis até o poder. Para quem curte ver séries baseadas em fatos históricos, Reign é muito divertido. Outras mulheres que valem muito a pena na série: Elizabeth da Inglaterra e Catherine de Médice, da França.
  • One Day at a Time

Comecei meio aleatoriamente a conferir a história de Penélope e sua família. Fiquei tão viciada que terminei todas as duas temporadas disponíveis em um fim de semana. E virou meu novo “Friends” para noites em que quero ver algo leve, divertido e querido para dormir.
A série lembra um pouco Sai de Baixo até – pelo formato. Super divertida, ela conta a história da Penélope que é uma militar divorciada, criando os filhos nos EUA com a ajuda da mãe – a cubana e hiper nacionalista Lydia. Essa vale a pena não somente pelos personagens de Penélope e Lydia como também pelo personagem de Elena, sua filha mais velha que dá vários recados importantíssimos em meio à trama. LINDA!
  • The Good Place

Eleanor Shellstrop é tudo que não serve de exemplo para um ser humano no início da série mas, sua evolução é tão fantástica que tenho que tirar o chapéu e dizer que apaixonei na personagem – ela vence o tiozão mais de 800 vezes e eu não estou exagerando! Rá!
Super divertida, a trama mostra como seria “O Bom Lugar” para pessoas que passaram dessa para melhor. Mas o “bom lugar” não permite palavrões e nem bebedeiras e nossa protagonista logo percebe que houve um engano em sua ida para lá – o que causa uma série de fatos hiper engraçados. Super leve e divertida, estou doida pra que a terceira temporada venha logo para o Brasil.
  • When Calls The Heart
A história se passa no início do século 20, quando uma moça de boa família – Elizabeth Thatcher – resolve se mudar para uma cidadezinha fronteiriça para lecionar. Além dela, outras várias personagens femininas inspiram demais, como por exemplo Abigail Staton e também uma advogada que aparece em alguns episódios. Inspirador, emocionante e bem água com açúcar, é perfeita para relaxar, suspirar e se inspirar 😉
  • Riverdale

Se você acha estranho ver Riverdale aqui nessa lista, experimente ver o episódio em que a turma resolve de maneira super brilhante um caso de abuso contra mulher. Outro ponto maravilhoso: as duas personagens de Betty Cooper e Veronica Lodge constroem uma relação de amizade e respeito, mesmo gostando do mesmo carinha no início. Logo de cara, não semeiam o ódio mútuo por conta dele – se unem. Coisa mais linda! <3

  • Crazy Ex-Girlfriend

E por falar em amizade entre mulheres, uma das coisas que mais me deixou feliz foi a reação da Rebeca de Crazy Ex-Girlfriend, quando sua colega de trabalho diz que ela deveria odiar a atua; namorada do cara que ela está apaixonada e ela diz: porque eu deveria? Eu quero o lugar dela mas isso não tem nada a ver com ela. Eu quero ser como ela, quero chegar lá!
Achei fofo. Tem outros momentos bem legais na promessa da terceira temporada.
  • O Tempo Entre Costuras

Esse foi a última série que terminei, há 24h. Ainda estou impactada por ela, linda, forte, emocionante.  O Tempo entre Costuras é baseado em um best-seller espanhol de mesmo nome e conta a história de Sira Quiroga, uma espanhola que precisa refazer sua vida no tempo que sobra entre as costuras que lhe garantem seu sustento – em meio ao cenário amedrontador da Guerra Civil Espanhola e à beira da Segunda Guerra Mundial. Sira é personagem das que dá gosto de ver – ainda mais sabendo que foi inspirada em uma mulher real que viveu muitas das coisas relatadas no romance. Aliás, os 4 grandes protagonistas da trama são baseados em personagens históricos não tão conhecidos do grande público. A autora usou documentos, diários e memórias para chegar nesse incomparável resultado. Meu preferido dos últimos tempos, sem sombra de dúvida!

Fiz um vídeo falando um pouco sobre as séries, vem conferir:

Você também pode gostar de...

1 Comment

  • Avatar
    Reply
    Fernanda Lucena
    9 de março de 2018 at 14:21

    Oi Camilla
    desses só conhecia 'The good place', mas só assisti 1 episódio
    (sou péssima p acompanhar séries kkkkkkkkkk)
    Maaaaas, anotei aqui as outras que me interessaram!

    Bjoooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

Deixar um comentário